GRCS

Notícias do Núcleo Jovem Engenheiro

A consultoria Michael Page aponta o que as companhias esperam na retomada do crescimento da economia nacional. Segundo seu diretor executivo, Ricardo Basaglia, com indicativo de recuperação, as empresas – após três anos seguidos em que reduziram custos, projetos, estrutura física e pessoal – devem “planejar ações de expansão, em diversos níveis, e os gestores terão o desafio de liderar boa parte dessas iniciativas”. Basaglia selecionou algumas perguntas que estarão na pauta dos processos seletivos para gestores em 2018. Confira os temas e explicação de cada tópico:

1- Quantas pessoas você conheceu em 2017 que contribuíram para o seu conhecimento? Onde ocorreram essas conexões?

As empresas querem entender em quais circunstâncias os gestores encontraram fontes de referência ou inspiração em nível profissional e pessoal.

2- Em quais momentos você contribuiu para o desenvolvimento de alguém no ano passado? Pense em colegas, amigos, companheiros de trabalho etc..

É fundamental que o gestor demonstre o seu poder de contribuição, mais do que isso: sua disposição para fazer mais e levar bons valores às pessoas a sua volta.

3 – Quais conhecimentos você adquiriu fora de sua área de atuação em 2017?

Demonstrar capacidade de aprendizado, mesmo quando está em off, é uma virtude muito valiosa. Isso demonstra que o gestor tem compromisso com o autodesenvolvimento e criatividade.

4 – Se você não existisse na sua atual empresa, o que ela perderia?

Este é o momento em que o gestor deve comentar os seus feitos individuais, resultados, projeções e também evidenciar as suas habilidades sutis de inspiração e relacionamento com as pessoas e clientes. Ele deve ressaltar o seu respeito à instituição e aos pontos do negócio.

5 – Quando as pessoas não gostam de você no ambiente de trabalho, normalmente quais são os motivos? Você é capaz de enxergá-los sem o feedback de outras pessoas? Quais comportamentos você tem oportunidade de melhorar?

Aqui as empresas estão de olho em um dos aspectos da já tradicional “inteligência emocional” mais desejados neste momento de mercado: a capacidade de reconciliação. Os períodos de crise deixam marcas. Será fundamental que os gestores saibam reconectar as pessoas, ao menos, para a cooperação em alto nível dentro do trabalho. Isso será importante para a retomada de crescimento.

 

Educação continuada
Isitec oferece pós em gestão de TI e ambiental e muito mais

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) está com inscrições abertas para seis cursos de pós-graduação e MBA. Estão compreendidas várias especializações, entre essas em Gestão de Tecnologia da Informação (TI), com ênfase em inovação; Geração de energia solar fotovoltaica; Gestão ambiental sustentável; Excelência operacional; Energia e BIM. Todas as informações sobre grade curricular, valores etc. são obtidas em  www.isitec.org.br/pos/.

 

Seminário
Inovação na educação em engenharia

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), mantido pelo SEESP, sediará o seminário “Educação empreendedora e novas diretrizes curriculares em engenharia”, no dia 19 de março próximo. A atividade é uma realização da Associação Brasileira de Educação em Engenharia (Abenge). O diretor de graduação do instituto, José Marques Póvoa, destaca a importância do evento à engenharia nacional, porque “na proposta das novas diretrizes curriculares a formação empreendedora será indispensável”. Ele prossegue: “Todos os cursos da área terão que se adequar para atender a essas condutas, sendo uma delas fazer com que o profissional atue em todo o ‘ciclo de vida’ e contexto do empreendimento, inclusive na sua gestão e manutenção.”

Nesse sentido, observa o professor, o Isitec pode se tornar um “modelo, uma vez que já fomos criados com essa visão”. E explica: “No nosso curso de Engenharia de Inovação, pioneiro no País, temos sete disciplinas, como momentos de discussão, sobre empreendedorismo/design/inovação.”

O seminário da Abenge tratará, entre outros temas, de políticas públicas e privadas para a educação empreendedora em engenharia, lançando perspectivas e debatendo relatos de casos. “A proposta para as novas diretrizes foca em um perfil desejado do engenheiro para o século XXI, uma das premissas para criar o Isitec e a graduação em Engenharia de Inovação”, exalta Póvoa.

O seminário será das 8h às 19h, na sede do instituto, na Rua Martiniano de Carvalho, 170, bairro Bela Vista, capital paulista.  Confira a programação preliminar.

Comunicação SEESP*

No dia 24 de fevereiro último, o Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP realizou a sua primeira reunião do ano para dar início às atividades de 2018. Entre essas, está a segunda fase do “Cresce Brasil - Itaim Paulista” que visa a implantação do projeto na escola estadual da região. Jéssica Trindade, estagiária do núcleo, falou sobre reunião realizada com o corpo docente e os próximos passos. Também foi abordado que o NJE irá focar na formação e qualificação dos futuros profissionais e daqueles que já atuam no mercado de trabalho; para tanto, serão realizados minicursos sobre temas voltados à liderança, gestão, gerenciamento e engenharia. A coordenadora Marcellie Dessimoni ressaltou a importância de obter qualificações para corresponder às expectativas do mercado de trabalho.

Foto: Núcleo Jovem Engenheiro
Professor Ricardo Carmona com os estudantes de engenharia do núcleo do SEESP.

Outro tema colocado em pauta foi a cobrança de anuidade, num valor simbólico, para o estudante pela utilização dos serviços, benefícios e bolsas que os acadêmicos usufruem do sindicato. Tal encaminhamento foi aprovado por unanimidade.

Na última parte da reunião, foi realizada o “Círculo de Diálogo” do núcleo, cujo tema, desta vez, foi “Indústria e profissional 4.0” com palestra de Ricardo Carmona, graduado em engenharia mecatrônica pela Universidade de Mogi das Cruzes, mestre em engenharia biomédica, pós-graduado em planejamento e implementação e gestão da EaD pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

Durante a exposição, Carmona enfatizou a importância dos profissionais da área treinarem suas habilidades humanísticas como a gestão de pessoas, liderança, visão holística do todo para encontrar saídas na resolução de problemas.

Carmona abordou os sistemas de produção inteligentes, internet das coisas, análise de dados, robótica, realidade aumentada, as tendências mundiais e principalmente a necessidade de profissionais voltados a essa área. Segundo ele, a engenharia tem um papel fundamental no desenvolvimento de novas tecnologias, mas para que isso aconteça é preciso investimento e profissionais qualificados, hoje já existem cursos de cientistas de dados uma nova profissão surgindo para atender à demanda dessa nova indústria.

O especialista esclareceu, ainda, dúvidas e indicou caminhos para os futuros engenheiros que ainda não conseguem vislumbrar um cenário positivo em suas profissões. “Concluímos que o profissional 4.0 deve estar preparado para suprir a demanda do mercado aliado à uma equipe multidisciplinar, mudando o conceito onde trabalhadores apenas exerciam o fazer agora passam a exercer o pensar (desenvolver)”, observou Dessimoni.  

* Com informações do Núcleo Jovem Engenheiro

 

Comunicação SEESP*

O Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC) dá início nesta sexta-feira (23/2) ao curso de Pós-graduação em Avaliação, Perícias e Gestão de Contratos, em São Paulo. A qualificação é direcionada a engenheiros civis e graduados em áreas como arquitetura, geologia, agronomia e afins.

As inscrições estão abertas mesmo com o início da turma, pois a grade é modular. O associado ao SEESP tem o desconto especial de 30% nas mensalidades. O curso tem duração de 380 horas, com o objetivo de fornecer uma visão atualizada e criativa sobre as práticas modernas da estão de contratos, engenharia de avaliações e perícias, possibilitando a formação de especialistas capacitados a agirem em cenários cada vez mais dinâmicos e competitivos.  

As aulas serão às sextas-feiras (das 16h às 22h) e aos sábados (8h30 às 17h30), uma vez ao mês, no endereço: rua Maestro Cardim, 1170, 3º andar - Sala -32, Paraíso (perto do Metrô Paraíso), São Paulo.

 

>> Mais informações e inscrições clique aqui.

 

 

 

*Com informações do IBEC

 

 

 

 

Comunicação SEESP*

No dia 16 último, o Núcleo Jovem Engenheiro (NJE) do SEESP esteve presente na Escola Estadual Wilson Rachid para apresentação do projeto “Cresce Brasil - Itaim Paulista + Engenharia + Desenvolvimento”. A escola fica localizada no bairro em que será implementada a segunda fase do projeto, o “Ciclo Educativo de Sustentabilidade”.

A reunião contou com a participação da diretoria, professores e coordenadores do colégio, e também da gestora Ambiental da Brasil Sustentável Editora, Cláudia Saleme, e, representando a Subprefeitura do Itaim Paulista, Valdemir Gonzaga Taveira. Pelo núcleo estava a estagiária Jéssica Trindade Passos.

À abertura, Passos falou sobre o papel do NJE, a inclusão dos jovens no debate das questões fundamentais da engenharia e sua contribuição à sociedade por meio de trabalhos voluntários, o ciclo é um deles e tem o intuito de realizar atividades e oficinas voltadas à conexão do ensino com a educação ambiental e a tecnologia.

De acordo com o tema em questão, Saleme explanou sobre a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) para o desenvolvimento dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs), que visam alcançar proteção ambiental e melhoria social.  Segundo ela, é importante trabalhar com essa agenda dentro das escolas estaduais e municipais para que crianças, adolescentes e jovens entendam seu papel no processo.

Passos informa que o NJE aguarda a aprovação da escola para que os trabalhos do ciclo sejam realizados.

* Com informações do Núcleo Jovem Engenheiro

 

Lourdes Silva
Comunicação SEESP

Além de saber se comunicar em viagens, uma das principais motivações para aprender outra língua é se destacar no mercado de trabalho ou mesmo para incursões acadêmicas. Segundo o site FinanceOne, antes de escolher uma segunda língua, procure dados estatísticos do mercado. A abrangência geográfica conta muito, assim como a quantidade de pessoas que falam o idioma. Já em relação ao mercado de trabalho, pense na sua área de interesse. O francês se destaca, por exemplo, no mercado farmacêutico e de telecomunicações. Já na área de engenharia, o alemão predomina.

Associados ao SEESP, e seus dependentes, contam com uma grande e qualificada rede de escolas de idiomas, com bons descontos. A seguir, divulgamos algumas delas e os descontos para os nossos sindicalizados:

* O Centro Britânico dispõe de cursos de alemão, inglês, espanhol, italiano e francês em diversos níveis (básico, intermediário e avançado), com unidades na Capital, Grande São Paulo e Interior. Mais informações sobre os cursos e condições aqui. Desconto de 15%.

* Já o Mackenzie Language Center oferece cursos de inglês (online), alemão, espanhol, francês e italiano com 15% de desconto. Vagas limitadas. Mais informações pelos telefones (11) 2114-8431 e 2766-7313 ou em www.mackenzie.br/linguas.html.

* A Wizard também ensina os idiomas inglês (Estados Unidos, Reino Unido e Canadá), francês, japonês, alemão, chinês, espanhol, italiano, oferecendo entre 40% e 30% de desconto – dependendo da unidade da escola. Mais informações pelos telefones (11) 3209-3555 e 97693-7104 (WhatsApp) e no site www.wizardliberdade.com.br.

* O Centro Cultural Brasil Itália oferece curso de italiano presencial e online. Mais informações pelos telefones (11) 3887-6367, 3051-6131 e 94790-0039 (WhatsApp) e no site www.ccbi.com.br. Descontos de 10% no curso básico; 15% (online).

* A CCAA oferece cursos de inglês e espanhol com métodos de ensino diferenciados.  Mais informações pelos telefones (11) 3862-2266/4325 e no site www.ccaa.com.br. Desconto de 30%.

* No Cellep Ensino de Idiomas tem cursos de inglês e espanhol. Mais informações pelos telefones (11) 2125-3255 (WhatsApp) e 3199-5802 e no site www.cellep.com. Descontos de 10%.

>> Confira outros convênios aqui

 

Da Comunicação da Petrobras

A Petrobras abriu processo seletivo público para preenchimento de 111 vagas, além de cadastro de reserva, para profissionais de nível médio e superior. Os postos de trabalhos estão detalhados no edital. As inscrições estarão abertas de 8 de fevereiro a 5 de março de 2018 e deverão ser feitas via internet, por meio da página da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br).

Estão sendo publicadas vagas para os seguintes cargos: Enfermeiro do Trabalho Júnior, Engenheiro de Equipamentos Júnior - Mecânica, Engenheiro de Equipamentos Júnior - Eletrônica, Engenheiro de Equipamentos Júnior - Elétrica, Engenheiro de Equipamentos Júnior - Inspeção, Engenheiro de Meio Ambiente Júnior, Engenheiro de Petróleo Júnior, Engenheiro de Processamento Júnior, Engenheiro de Segurança Júnior, Engenheiro Naval Júnior, Geofísico Júnior - Geologia, Geofísico Júnior - Física, Geólogo Júnior, Medico do Trabalho Júnior, Químico de Petróleo Júnior, Técnico de Administração e Controle Júnior, Técnico de Comercialização e Logística Júnior, Técnico de Exploração de Petróleo Júnior - Geologia, Técnico de Inspeção de Equipamentos e Instalações Júnior, Técnico de Logística de Transporte Júnior - Controle, Técnico de Logística de Transporte Júnior - Operação, Técnico de Manutenção Júnior - Instrumentação, Técnico de Segurança Júnior, Técnico de Suprimento de Bens e Serviços Júnior - Mecânica, Técnico de Suprimento de Bens e Serviços Júnior - Administração e Técnico Químico de Petróleo Júnior. O cadastro esperado é de 555 candidatos.

O valor da inscrição no processo seletivo será de R$ 47,00 para os cargos de nível médio e de R$ 67,00 para o cargo de nível superior. As provas objetivas serão aplicadas no dia 8 de abril de 2018. O resultado final será publicado no Diário Oficial da União (DOU) e divulgado nos endereços eletrônicos www.cesgranrio.org.br e www.petrobras.com.br. Os resultados serão homologados no dia 28 de junho de 2018.

O concurso tem validade de 12 meses, a partir da data de publicação do edital de homologação dos resultados finais e pode ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a critério da Petrobras.

 

Com informações do jornal Midimax/MS

O Sistema S está com pelo menos 15 vagas abertas em processos seletivos em Mato Grosso do Sul. Há postos de trabalho em seis cidades: Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Maracaju, Jardim e Aparecida do Taboado. A remuneração varia de acordo com o cargo e pode chegar a R$ 10 mil.

Os candidatos devem ler os editais com atenção. Para algumas vagas, é necessário encaminhar email com currículo e os documentos exigidos em formato digitalizado. Em outras, a exigência é entregar a documentação pessoalmente nas unidades do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e do Sesi (Serviço Social da Indústria).

Os interessados deverão inscrever-se na Unidade de Gestão de Pessoas (Unigep), Avenida Afonso Pena, 1.031 - bairro Amambaí em Campo Grande/MS, das 13h30 às 16h30.

Campo Grande
Técnico(a) especializado (Informática)

As inscrições poderão ser realizadas até 9 de fevereiro, mediante apresentação de currículo e documentação e a documentação exigida no edital. O candidato será enquadrado como técnico (a) especializado, com jornada de trabalho mensalista, no período manhã e tarde e salário no valor de R$ 3.355,27.

>> Confira o edital

Três Lagoas
Pesquisador(a) industrial

As inscrições poderão ser realizadas até 11 de fevereiro mediante encaminhamento digitalizado por e-mail de currículo e demais documentos exigidos no edital. O processo seletivo será realizado em três etapas: A 1ª Etapa será composta de análise documental, a 2ª Etapa de prova teórica e a 3ª Etapa de Avaliação de perfil. O candidato terá jornada de trabalho mensalista de 8h diárias nos períodos matutino e vespertino, com salário no valor de R$ 10.004,20 mensais.

Poderão inscrever-se candidatos que comprovarem possuir até a data da inscrição, Certificado de Conclusão do Ensino Superior em Química, Engenharia Química, Engenharia Agronômica, Ciências Biológicas ou áreas afins. Certificado de Conclusão de Especialização nas áreas de Biomassa, Térmica ou Ambiental.

>> Confira o edital

 

Comunicação SEESP*

Estão abertas inscrições para preenchimento de duas vagas de professor substituto para os cursos de Engenharia Agronômica e Zootecnia da Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas, da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

As inscrições serão recebidas na Seção Técnica de Desenvolvimento e Administração de Recursos Humanos da instituição, até o dia 9 de fevereiro próximo, das 8h às 11h e das 14h às 17h.

Poderão inscrever-se graduados em curso superior que tenham, no mínimo, título de Mestre. A taxa de inscrição é de R$ 95,50. Não serão aceitas inscrições via internet.

>> Edital do professor para o curso de Engenharia agronômica

>> Edital do professor para o curso de Zootecnia

 

* Com informações da Agência Unesp de Notícias 

 

Comunicação SEESP*

Foi anunciado que a Qualcomm e a USI, subsidiária da coreana ASE, anunciaram uma joint venture para construir uma fábrica de chips no Brasil voltada para dispositivos de internet das coisas. A previsão é investir US$ 200 milhões (R$ 647 milhões) nos próximos cinco anos.

O produto que será fabricado, ainda novo no mundo, condensa em um pequeno chip a tecnologia que hoje requer uma placa de maior porte para rodar. A ideia é que, com um dispositivo muito menor, ele seja mais facilmente adaptado a diferentes aparelhos, afirma o presidente global da Qualcomm, Cristiano Amon.

Em uma perspectiva otimista, a produção deve começar em 2020, segundo o presidente global da USI, CY Wei. A fábrica, porém, não tem local definido, só se sabe que será na região de Campinas (SP).

O treinamento da mão de obra será outro entrave, devido à escassez de trabalhadores especializados, segundo Amon. A ideia é levar parte dos engenheiros brasileiros para um treinamento em fábricas estrangeiras, além de trazer técnicos de fora.

As empresas também preveem a construção de um centro de tecnologia em parceria com alguma universidade, que futuramente poderá apoiar prefeituras a implementar soluções de internet das coisas às cidades.

Histórico
A Qualcomm vem negociando sua chegada à fabricação de chips no Brasil desde 2012. Como agora conseguiu acordos fiscais tanto em âmbito federal quanto estadual, a empresa resolveu tirar os planos do papel. Fora isso, parte dos US$ 200 milhões de investimento foram emprestados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A expectativa é de que a nova instalação empregue algo entre 800 e 1.000 pessoas.

 

* Com informações do Governo do Estado de São Paulo e da imprensa brasileira

 

Da Unesp Agência de Notícias

O Conselho do Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, está com inscrições abertas para seleção de duas bolsas PNPD/Capes institucional, e cadastro de reserva, vinculadas ao Programa de Pós-graduação em Engenharia Mecânica.

Calendário

- Divulgação do Edital: 31 de janeiro de 2018

- Inscrições: de 01 de fevereiro de 2018 a 16 de março de 2018

- Homologação das inscrições: 23 de março de 2018

- Prazo para recurso das inscrições: 26 e 27 de março de 2018

- Entrevista: 06 de abril de 2018

- Divulgação do resultado: 11 de abril de 2018

- Prazo para recurso do resultado: 12 e 13 de abril de 2018

- Resultado final: 20 de abril de 2018

- Confirmação de interesse na bolsa: até 27 de abril de 2018 

>> Editais e demais informações estão disponíveis em http://www.feg.unesp.br/#!/pos-graduacao/pg-eng-mec/editais-e-resultados/ 

 

Da assessoria de comunicação da OLX

A OLX, plataforma de compra e venda online do Brasil, segue na contramão do mercado. Apesar do contexto econômico do País, está crescendo e investindo na contratação e retenção de talentos. A empresa hoje conta com mais de 550 colaboradores divididos em São Paulo e Rio de Janeiro.

No ano passado, a companhia fez 48 contratações para os times de tecnologia e produto – engenheiros, desenvolvedores, designers, analistas de dados e gerentes de produto. Hoje, a área já conta com 130 profissionais, mas a previsão é crescer ainda mais em 2018: são cerca de 40 vagas planejadas.

A OLX Brasil é fruto de uma parceria entre os dois maiores grupos de mídia e investimento em marketplaces do mundo: o sul-africano Naspers e o grupo norueguês
Schibsted. 

 

 

Da Agência Fapesp*

Estão abertas até 5 de fevereiro próximo as inscrições para o processo seletivo de professor assistente doutor no campus de São João da Boa Vista da Universidade Estadual Paulista (Unesp). A oportunidade é para o curso de Engenharia aeronáutica.

O professor contratado ministrará disciplinas de Eletricidade, Eletrônica e Eletrotécnica de Aeronaves. O salário será de R$ 10.360,07, em jornada de 40 horas semanais de trabalho. Candidato portador do título de livre-docente receberá salário de R$ 12.351,27.

Poderão se inscrever graduados em curso superior que tenham, no mínimo, título de doutor, obtido preferencialmente em cursos de pós-graduação na área de Engenharia.

As inscrições serão recebidas, em dias úteis, até 5 de fevereiro, no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h, na Unesp, campus de São João da Boa Vista. No caso de inscrição por via postal os documentos exigidos no presente edital deverão ser enviados via Sedex para: Unesp, Campus de São João da Boa Vista, av. Profª Isette Corrêa Fontão, nº 505, Jardim das Flores, São João da Boa Vista, SP, CEP 13876-750. A taxa de inscrição custa R$ 93.

O concurso para a contratação constará de prova de títulos e prova didática. Na prova de títulos, haverá julgamento do curriculum vitae, em que serão analisadas as atividades de formação, didáticas e científicas, dos últimos cinco anos, com maior relevância para as atividades relacionadas às áreas de Engenharia Aeronáutica e afins. Já a prova didática constará de aula teórica em nível de graduação, com duração de no mínimo 40 minutos e no máximo de 60 minutos.

Mais informações: https://goo.gl/MDppGa.

 

* Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

 

 

Comunicação SEESP

A Companhia de Estágios abre processo seletivo para mais de 270 vagas de estágio em grandes empresas em todo o Brasil. Podem se candidatar estudantes do ensino técnico e superior das mais diversas áreas do conhecimento. Há vagas em diversas regiões do País, especialmente em cidades como São Paulo, Suzano, Campinas, São Bernardo do Campo e Jundiaí. Os contratados receberão bolsa auxílio no valor de até R$2.226,00 mais benefícios, dependendo da empresa e do perfil do candidato.

As oportunidades abrangem grandes empresas do setor tecnológico, farmacêutico, químico e industrial. Os interessados devem se inscrever no site da recrutadora www.ciadeestagios.com.br, confira todas as condições a seguir:

Amazon 
Quarenta e oito vagas em São Paulo para estudantes das mais diversas áreas do conhecimento. Salário: R$1.900,00 + Benefícios. Inscrições até o dia 10 de fevereiro.

Basf
Sessenta vagas de estágio para diversas áreas e cursos em São Paulo (Morumbi e ABC). Com vagas para todas as áreas e cursos, como: Direito, Psicologia, Marketing, Matemática, Administração, Contábeis, Química, Farmácia, Publicidade, Biblioteconomia, todas as Engenharias e outras. Salário: R$1.521,00 a R$ 2.226,00 + benefícios (VR/ VR/ Seguro de vida/ Assistência Médica e odontológica). Inscrições até 10 de fevereiro em www.ciadeestagios.com.br/basf.

Scania
A empresa abre processo seletivo para 25 vagas em São Bernardo do Campo, podem se candidatar estudantes do nível superior e técnico dos mais diversos cursos. Salário: Compatível com mercado + benefícios. Inscrições até 10 de fevereiro em www.ciadeestagios.com.br/scania.

Sanofi
Vagas para São Paulo, Suzano e Campinas para diversos cursos e áreas. Salário: Compatível com mercado + benefícios. Inscrições até 10 de fevereiro.

Henkel
Dez vagas para atuação em São Paulo, Jundiaí e Diadema. Podem se candidatar estudantes de diversas áreas e cursos. Salário: R$ 1.700,00 + benefícios. Inscrições até 10 de fevereiro em www.ciadeestagios.com.br/henkel

LG
Em seu programa de estágio são 10 vagas para cidades de São Paulo. As vagas são para os cursos de Administração; Comex; Contábeis; Ciências da Computação; Direito; Economia; Sistemas de Informação; Marketing; Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Poderão se candidatar apenas estudantes que estejam cursando do 2° ano em diante. Salário: R$ 1.200,00 a R$ 1.760,00 + benefícios. Inscrições até 10 de fevereiro em www.ciadeestagios.com.br/lg.

 

Do jornal Paraíba Online

O Centro de Engenharia Elétrica e Informática da Universidade Federal de Campina Grande (CEEI/UFCG), na Paraíba, lançou concurso público para uma vaga de professor na área de Engenharia Elétrica, Telecomunicações. As inscrições terão início no dia 29 de janeiro e seguem até o dia 16 de fevereiro. O selecionado irá cumprir uma carga horária de 40 horas semanais, em regime de dedicação exclusiva, ingressando como Professor Adjunto A, nível 1. Os vencimentos, com retribuição por titulação, totalizam R$ 9.585,67.

O candidato precisa ser graduado em Engenharia Elétrica ou outras denominações adotadas pelo Ministério da Educação (MEC), com doutorado na área em questão ou outras afins, de acordo com a área de Engenharias IV da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC).

As inscrições custam R$ 150 e podem ser feitas na Secretaria da Unidade Acadêmica de Engenharia Elétrica do CEEI/UFCG, localizada na Rua Aprígio Veloso, 882, Bloco CG, Bairro Universitário, Campina Grande. O horário de atendimento será das 8h às 11h e das 14h às 17h, em dias úteis, de segunda a sexta-feira. Também serão aceitas inscrições por procuração e via postal, por meio de Sedex, com aviso de recebimento (AR), dentro do prazo estabelecido no edital.

O concurso compreenderá três fases sequenciais, todas de caráter eliminatório: prova escrita, didática e prova de títulos. As etapas serão realizadas de 12 a 16 de março. A prova escrita consistirá na dissertação do tema sorteado a partir do conteúdo programático e terá duração de quatro horas. O resultado preliminar será divulgado no dia 13 de março, e, no dia 15, acontecerá a prova didática para os aprovados na primeira fase. O certame terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

 

Comunicação SEESP

O programa Engenheiro Empreendedor do SEESP iniciou o ano com o oferecimento de 15 cursos voltados aos profissionais da área – voltados ao empreendedorismo como também de caráter técnico. Associados ao sindicato, assim como seus dependentes, têm bons descontos nas atividades.

Entre os cursos, cujas inscrições estão abertas, estão o de gestão de projetos; licenciamento ambiental de postos de gasolina; programa de eficiência energética; de conversação em inglês etc.. Confira todos eles aqui.

Mais informações pelo telefone (11) 3113-2640, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou diretamente na sede do SEESP, na capital paulista (Rua Genebra, 25, Bela Vista).

 

agenda