logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 69

10/05/2016

Direitos dos trabalhadores devem ser preservados, defende Murilo Pinheiro

A Agência Sindical repercutiu com o presidente do SEESP e da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), Murilo Celso de Campos Pinheiro, o anúncio pago, na imprensa brasileira, da empresa Andrade Gutierrez, onde se desculpa por atos ilícitos em obras públicas e promete mudar de conduta, bem como propõe medidas que deem segurança à atividade e fixem um padrão ético no setor. A nota foi publicada no dia 9 de maio último.

Para Pinheiro, a posição da empresa “é um avanço, na medida em que admite ilícitos, pede desculpa e anuncia pagamento de multa de R$ 1 bilhão”. Ele observa que se trata de uma primeira iniciativa dessa natureza e apoia a proposta do deputado estadual João Ramalho (PSDB-SP) para que seja aprovada lei federal regulamentando a matéria.

A liderança dos engenheiros, todavia, faz uma ressalva à nota da empresa por não ter sinalizado proteção aos trabalhadores. “Não falo só do engenheiro, que é imprescindível a esse tipo de atividade econômica. Precisa haver segurança jurídica para todos os trabalhadores dessas empresas”, defende.

 

* Para ler a nota da empresa clique aqui.


Rosângela Ribeiro Gil
Imprensa SEESP
Com informações da Agência Sindical








Lido 2159 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda