GRCS

16/04/2015

Fórum discute enchentes em Cubatão

O Instituto de Estudos Sociais (IES) promoverá no próximo sábado (18), às 10h, novo encontro em Cubatão para tratar de prevenção às enchentes no município. A reunião faz parte do "Fórum: A cidade de Cubatão que queremos para 2021" e será realizada na sede da Sociedade de Melhoramentos do Jardim Ilha Caraguatá.

 

Foto: Matheus Tagé/Diário do Litoral

Vila São José crédito MATHEUS TAGÉ Diario do LitoralNovo encontro em Cubatão debaterá enchentes. Na imagem, enchente na Vila São José, Cubatão


Este é o segundo encontro com o mesmo objetivo: discutir com a população as possíveis soluções para este problema que atinge toda a cidade e afeta milhares de pessoas todos os anos. Neste encontro, o arquiteto Adalberto Ferreira e o engenheiro Márcio Lara, responsável pelo projeto Santos Novos Tempos, vão expor a situação da cidade e as possíveis soluções para a questão.

O primeiro encontro foi realizado na Vila Natal e contou com a presença do engenheiro José Roberto Calazans. Na oportunidade, ele explicou o que significam obras de micro e de macrodrenagem e enfatizou a necessidade de um plano municipal integrado de saneamento básico para acabar com as enchentes de Cubatão.

Calazans também deu exemplos de municípios que têm investido em obras para prevenir e acabar com as enchentes, como Cabreúva, Salto e São Roque, que investiram em obras de macro e microdrenagem.

Programa de macrodrenagem
O programa de macrodrenagem Santos Novos Tempos tem o objetivo de beneficiar 120 mil pessoas. São três fases para atender os bairros de Saboó, Castelo, Rádio Clube, Chico de Paula, Santa Maria, Bom Retiro, Caneleria e Ilhéu. O programa terá um investimento total de R$ 1,4 bilhão. É financiado pelo Banco Mundial e conta com recursos dos governos federal, estadual e contrapartida da Prefeitura.


Fonte: Diário do Litoral





[backbutton}

Lido 4124 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda