GRCS

19/02/2013

Portuários de Santos ocupam navio contra MP 595

Estivanonavio1Os portos brasileiros vivem dias movimentados desde a edição da Medida Provisória (MP) 595, pelo Governo Federal, em dezembro de 2012. No Porto de Santos, litoral paulista, 60 estivadores, acompanhados de lideranças sindicais, ocuparam o navio ‘Zhen Hua 10’, de bandeira chinesa, às 3 horas da madrugada de segunda-feira (18/02), e continuam a bordo, pelo menos até esta terça-feira, segundo informação da assessoria de imprensa dos portuários.

Os sindicatos reivindicam que a Embraport, terminal portuário localizado à margem esquerda do complexo portuário, requisite os trabalhadores do Ogmo (Órgão Gestor de Mão de Obra) para descarregar três portêineres e 11 transtêineres. Os sindicalistas alegam que a retirada dos equipamentos é uma operação portuária e que, portanto, sejam utilizados portuários, e não efetivo próprio como quer o terminal. Houve negociação durante o dia com a empresa e os nove sindicatos portuários, mas sem acordo.

Greve
Nesta sexta-feira (22/02), os sindicatos portuários de Santos prometem parar o porto por seis horas, no período da manhã, contra a MP 595, que muda o marco regulatório do setor, dado, em 1993, pela Lei de Modernização dos Portos, a 8.630. Em todo o Brasil serão realizadas manifestações pelos trabalhadores.

 

Rosângela Ribeiro Gil
Imprensa – SEESP
Com informação da assessoria de imprensa dos portuários
Fotos: Paulo Passos




Lido 2059 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda