logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

22/05/2024

Praça Vladimir Herzog terá nhoque com forró e solidariedade ao povo gaúcho

Comunicação SEESP

 

Próximo evento “Todo mundo tem que falar, cantar e comer” acontece no dia 26 de maio, a partir das 12h; recursos arrecadados serão doados às cozinhas do MST

 

TodoMundoTemQueCultura, gastronomia, solidariedade e defesa da democracia em evento aberto e gratuito.
Foto: Canal da Praça
A edição do próximo domingo (26/5) do “Todo mundo tem que falar, cantar e comer”, na Praça Memorial Vladimir Herzog e Espaço Cultural a Céu Aberto Elifas Andreato, será marcada por ação de apoio ao povo do Rio Grande do Sul, vítima neste momento de uma tragédia socioambiental sem precedentes.

 

Os recursos arrecadados no evento, que segue a regra “quem pode paga, que não pode pega”, serão totalmente destinados às cozinhas solidárias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que têm alimentado a população do Estado em situação de vulnerabilidade. No cardápio, que terá sabor de fraternidade ainda mais acentuado, o já famoso Nhoque da Dona Dudu, uma das chefs permanentes da iniciativa.

 

A atração musical fica a cargo do cantor, compositor e ritmista Flavinho Lima, com muito forró, baião, xote e arrasta-pé. Nascido em São Paulo e filho de mãe pernambucana e pai paraibano, fez parte da banda de Dominguinhos e do Trio Zabumbão, além de ter acompanhado uma séria de grandes artistas, como Elba Ramalho, Anastácia, Zeca Baleiro e Mariana Aydar.

 

Completa a programação o lançamento do livro “Eu só disse meu nome”, do jornalista Camilo Vanucchi, que conta a história de seu primo Alexandre Vanucchi, aluno de Geologia da Universidade de São Paulo (USP), que em 1973 foi torturado até a morte nas dependências do Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna, o temido e famigerado DOI-Codi de São Paulo.

 

EuSoDisseObra traz história do estudante torturado e morto pela ditadura. Foto: Editora Discurso Direto

 

 

Serviço
Todo Mundo tem que falar, cantar e comer!
Data: 26 de maio
Horário: a partir das 12h
Local: Praça Memorial Vladimir Herzog – Espaço Cultural a Céu Aberto Elifas Andreato, na Bela Vista, em São Paulo (atrás da Câmara Municipal de São Paulo e em frente à Praça da Bandeira)

 

O “Todo mundo tem que falar, cantar e comer!” é uma realização do Instituto Elifas Andreato com apoio de Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP), Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos de São Paulo, Banca Livraria dos Jornalistas Vladimir Herzog, Canal da Praça, Coletivo Café Sem Pauta, Coletivo Paulo Freire, Colibri & Associados Comunicações, FotosPúblicas.com, Instituto Paulo Freire, Instituto Premier, Instituto Vladimir Herzog, Oboré e Câmara Municipal de São Paulo.


Lido 182 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda