logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

30/04/2024

 

No 1º de Maio, todos juntos por um Brasil mais justo

 

Celebração do Dia do Trabalhador reúne conjunto do movimento sindical em torno da pauta urgente para a melhoria das condições de vida da população.

 

Emprego decente, correção da tabela do Imposto de Renda, juros mais baixos, aposentadoria digna, salário igual para trabalho igual e valorização do serviço público. Essa é a agenda prioritária em torno da qual o movimento sindical brasileiro se une neste ano para celebrar o 1º de Maio, Dia Internacional do Trabalhador.

 

Correta e fundamental à melhoria das condições de vida da população, inclusive da classe média, a pauta, que ganha destaque na comemoração da data fundamental aos trabalhadores e suas entidades representativas, são reivindicações permanentes que merecem a mobilização coletiva e atenção de parlamentares e governantes.

 

No que diz respeito à valorização do serviço público, para além de assegurar o justo reconhecimento, remuneração e condições adequadas de atuação ao funcionalismo, é urgente uma cruzada nacional para que todos tenham acesso a atendimento de qualidade nos setores essenciais.

 

Saúde, educação e transporte, para ficar na lista mínima, são obrigação do Estado e direito do cidadão. Não é possível que questões cruciais como bem-estar físico e mental, formação e qualificação do indivíduo e o direito de ir e vir sejam simplesmente capturadas por interesses empresariais sem compromisso com o povo e seu futuro.

 

Nesse contexto, um alerta urgente diz respeito ao saneamento básico em São Paulo. Após a Assembleia Legislativa ter aprovado projeto autorizando o governo a vender a Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp) em dezembro de 2023, a última pá de cal sobre a saúde pública paulista pode ser jogada pela Câmara Municipal da Capital. Tramita no Legislativo local projeto que, na prática, determina a adesão da cidade, que representa 45% da receita operacional da estatal, à privatização.

 

Conforme pesquisa, 61% dos paulistanos são contrários a esse processo e querem continuar a ser atendidos pela Sabesp pública. Ainda assim, os vereadores aprovaram em primeira votação o projeto que abre caminho para que os interesses do mercado e o lucro passem a ser a tônica dominante. Técnicos da empresa e especialistas já preveem o desastre, com aumentos abusivos da tarifa, queda na qualidade e fim dos investimentos, hoje feitos em larga escala pela companhia de economia mista.

 

Somada à defesa dos serviços essenciais, que precisam ser públicos e universais, está a demanda por um salto no desenvolvimento nacional, com recuperação da indústria num modelo sustentável e que traga ganhos de produtividade e competitividade. Esse movimento é imprescindível à geração de empregos decentes e aumento decisivo da renda média do trabalhador brasileiro.

 

Celebremos o 1º de Maio e sigamos juntos na luta por um Brasil mais justo, com prosperidade e avanços em engenharia, ciência e tecnologia.

 

 

Eng. Murilo Pinheiro – Presidente

 

Lido 953 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Comentários  
# ConcordânciaAlvaro Martins 02-05-2024 13:22
Todo apoio é concordância!
Responder
# Pés no chão!Alvaro Martins 02-05-2024 13:20
Presidente Murilo, de pleno acordo com as premissas apontadas. Ter pés no chão evita sermos ludibriados pelos “maus agentes públicos” e pela “imprensa comprada”! Países que privatizaram o seu abastecimento de água e saneamento se arrependeram e te estatizaram os serviços! Entretanto, nas transições só pode haver “a porta giratória”, o “pró-labore”… “a parte””, pois se sérios os governos não incidiriam nessa des-empreitada” . Por isso temos dificuldades na Educação, pois precisam de “massa amorfa, acéfala, etc. para poder ludibriar o vidadão, o eleitor…
Responder
# Engenheiro Civil e Técnico EstradasJosé Augusto Moraes 30-04-2024 16:53
O SEESP representa uma categoria de servidores e protagonistas de obras públicas e privadas para o desenvolvimento e crescimento de nosso país Brasil. Por isso me sinto orgulhoso de pertencer e poder colaborar no desempenho e defesa deste nobre presidente Eng. MURILO. Abraços.
Responder
# Engenheira civilSILVANA GUARNIERI 30-04-2024 14:48
Excelente manifestação, a reflexão é mais que necessária para que cheguemos a mudanças necessárias. Parabéns SEESP!!
Parabéns Murilo
Responder
# EngenheiroEmiliano Affonso 30-04-2024 13:47
Se 61% da população paulistana é contra a privatização da SABESP, porque a maioria dos seus representantes na Camara Municipal votaram a favor?

Eles não se importam com o que seus eleitores querem?
Responder
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda