logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

25/10/2023

Taubaté sedia sexta edição do Ecovale

Comunicação SEESP

 

Teve início na quarta-feira (25/10) a sexta edição do Encontro Ambiental do Vale do Paraíba (Ecovale). Promovido pelo SEESP e Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), o evento aconteceu também na quinta-feira (26/10), completando dois dias de intensa programação. Sediado no Hotel Tangaroa Garden, em Taubaté (SP), foi transmitido ao vivo no Youtube do Ecovale, canal em que as atividades podem ser conferidas. 

 

O presidente da Delegacia Sindical do SEESP no município, Breno Botelho Ferraz do Amaral Gurgel, abriu o evento, destacando sua emoção. Ele lembrou que, além do Ecovale, já são mais de 20 encontros ambientais realizados pelo sindicato e federação. E enfatizou a importância da iniciativa, ao pautar a questão premente da sustentabilidade: “Se não tomarmos conta desse assunto, no futuro não teremos um lugar para viver.”

 

 

Abertura da sexta edição do Ecovale. No púlpito, Murilo Pinheiro. Fotos: Paula Bortolini 

Coordenador-geral do Ecovale e vice-presidente do SEESP, Carlos Alberto Guimarães Garcez também ressaltou a trajetória de mais de duas décadas, a partir de uma proposta do presidente da entidade e da FNE, Murilo Pinheiro. O resultado é, disse, “uma jornada para colaborar cada vez mais com a preservação do meio ambiente”.

Garcez fez questão de saudar os patrocinadores, entre os quais duas empresas internacionais de México e Nova York, e frisar que o evento não tem fins lucrativos (confira mais informações aqui).

 

Sobre a edição que se iniciou na manhã de 25 de outubro, ele destacou as rodas de conversa como parte da programação e a participação de catadores, cujo trabalho é fundamental na coleta seletiva e destinação correta de material reciclável.

 

Também sublinhou a presença de especialistas e de três secretários municipais de prefeituras do Vale do Paraíba, que trarão informações das ações do poder público na região voltadas à sustentabilidade e preservação ambiental.

 

Na programação ainda, representante da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), que está montando unidade industrial em Taubaté, detalhará as iniciativas para impedir a poluição e conter impactos ao meio ambiente, respondendo a preocupação da sociedade local.

 

Confira a programação completa clicando aqui.

 

Projeto sustentável

Murilo salientou que o Ecovale, cuja primeira edição aconteceu em 2003, “deu origem a muita discussão sobre ecologia em todo o Brasil”. O evento integra-se à visão que norteia o projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento” – iniciativa da FNE com o engajamento do SEESP e demais sindicatos filiados à federação que propugna por soluções factíveis ao desenvolvimento nacional sustentável com inclusão social. Como descreveu ele, sob essa concepção, encontros ambientais foram realizados também em outras localidades, como São Paulo, Piauí e em nível nacional.

 

O presidente do SEESP e da FNE foi categórico: “Cada uma das nossas profissões, cada um dos nossos momentos de vida depende de entender a importância dessa discussão. Hoje não existe nenhum engenheiro que não faça um projeto pensando na ecologia, sustentável. Quando discutimos questões da engenharia, vem sempre à mente qual o melhor projeto para garantir o bem-estar do cidadão.”

 

Murilo Pinheiro (ao centro), ladeado pelos diretores do SEESP João Carlos Gonçalves Bibbo, Breno Botelho Ferraz do Amaral Gurgel, Carlos Alberto Guimarães Garcez e Fernando Palmezan (da esq. para a dir.). Foto: Paula Bortolini

 

Assim, Murilo conclamou: “Venham sempre conosco. Precisamos discutir, cada vez mais, qualidade de vida, oportunidades e a longevidade de todos nós, cidadãos e seres humanos. Vamos fazer disso um grande movimento.”

 

Compuseram a mesa de abertura a secretária municipal de Meio Ambiente e Bem-estar Animal de Taubaté, Magali Neves Rodrigues; a pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação da Universidade de Taubaté (Unitau), Monica Franchi Carniello; a diretora do Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura de Caçapava, Lígia Zanco de Gouvêia Carvalho; o diretor técnico do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de São Paulo (Crea-SP), Clóvis Sávio Simões de Paula; os vereadores locais Serginho (Progressistas) e Elisa Representa Taubaté (Cidadania). Também participou o comandante Fernando, da Polícia Ambiental local.

 

Clique aqui aos vídeos com as atividades do Ecovale.

 

 

Atualizado em 27/10

Lido 279 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda