BannerAssocie se

07/07/2021

Cientistas Engajados promovem encontro nacional e marcha virtual pela ciência

Comunicação SEESP*

 

O grupo de pesquisadores e apoiadores Cientistas Engajados realiza, nesta quinta-feira (8/7), o seu Primeiro Encontro Nacional, a partir das 15h, com transmissão pelo canal da organização no Youtube. Com especialistas da área, o encontro convida o público geral a debater sobre a sobrevivência e a importância do setor no País.

 

No dia 9 de julho, também no canal dos cientistas no Youtube, acontece a Marcha Virtual pela Ciência Brasileira, com a divulgação de vídeos de várias pessoas lendo o “Manifesto Marcha pela Ciência 2021”.

 

“A pandemia de Covid-19 aprofundou os problemas mais complexos do nosso tempo. Embora não existam soluções simples, a humanidade tem a bússola que aponta na direção certa: a Ciência”, afirmam no manifesto os Cientistas Engajados.

 

O texto ainda reforça que o apoio à C&T fez diferença entre os países na recuperação da crise ocasionada pela pandemia e que o caminho da prosperidade “passa pelo desenvolvimento tecnológico do país e pela proteção da ciência pelo Estado”.

 

Confira a programação do I Encontro Nacional dos Cientistas Engajados e, abaixo, o manifesto completo:

 

EncontroNacional CientistasEngajados 08072115h às 15h30 – Abertura

“A importância do movimento dos Cientistas Engajados no atual momento político”, com Prof. Dr. Walter Neves.

 

15h30 às 17h – Debates

“Manual de sobrevivência do cientista brasileiro: É o fim da Ciência no Brasil?” – Queda no financiamento e pressão para recomposição dos recursos para C&T, com Ildeu Moreira, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC)

Projeto de Ciência e Tecnologia para o Brasil, com Luiz Davidovich, presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC)

 

Debatedores:

Cristovam Buarque (ex-senador e ex-ministro da Educação) e Helena Nader (vice-presidente da ABC e presidente de honra da SBPC)

 

 

 

Manifesto Marcha pela Ciência 2021

A pandemia de COVID-19 aprofundou os problemas mais complexos do nosso tempo. Embora não existam soluções simples, a humanidade tem a bússola que aponta na direção certa: a Ciência.

 

Em 2021, marchamos pela Ciência porque ela procura a verdade e é a materialização da criatividade, perseverança e compaixão humana na busca por soluções das maiores adversidades da sociedade. Em meio ao agravamento das crises e a polarização da política brasileira é preciso garantir denominadores comuns que nos aproximem. Nesta crise global, países guiados por líderes negacionistas sucumbiram mais duramente na pandemia, enquanto aqueles que se basearam na ciência preservaram vidas e se reergueram mais rapidamente. A ciência cria condições para a um futuro mais tolerante e menos desigual. O caminho da prosperidade passa pelo desenvolvimento tecnológico do país e pela proteção da ciência pelo Estado.

 

Pela vida, pela ciência e pelo Brasil. Não aos cortes!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Com informações dos Cientistas Engajados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lido 321 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda