logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 69

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 71

18/03/2016

Estudo sobre atingidos por barragem

Representantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, no dia 9 de março último, estabeleceram o cronograma de uma pesquisa que fará o diagnóstico da dívida social do Estado brasileiro com os atingidos pela Barragem de Sobradinho, na Bahia.

O diretor do instituto, José Eduardo Elias Romão, disse que o projeto tem consistência dentro do Instituto, não só no aspecto metodológico, mas na densidade política. “É o primeiro trabalho de campo que será feito para tentar mensurar essa dívida social e nós entendemos que essa parceria com o Ipea vai nos dar argumento, inclusive, para dar sequência em outros lugares”, afirmou Ivani Della Costa, do MAB.

O projeto
O projeto é fruto de um compromisso firmado entre Ipea e Ministério da Integração Nacional, com a parceria da Universidade de Brasília. Ele tem como desafio construir um primeiro diagnóstico sobre a Barragem de Sobradinho e, posteriormente, ampliar o trabalho para outras barragens no país.

O termo nasceu do acordo firmado em 2012 pela Secretaria Geral da Presidência da República (SGPR) e o MAB, em que foram estabelecidas metas para atender às reivindicações dos atingidos por barragens. Além de desenvolver a metodologia, o Ipea foi incumbido de participar dos esforços para a efetiva realização deste diagnóstico.

 

 

Fonte: Ipea

 

 

 

 

 

Lido 1615 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda