logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 69

30/09/2015

Gestão integrada de resíduos sólidos urbanos

João Paulo Peres Bezerra defende a sua tese de doutorado “A gestão integrada de resíduos sólidos urbanos na UGRHI-14 Alto Paranapanema: interfaces Concretas e Potencialidade”, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista (Unesp) em Presidente Prudente, no dia 9 de outubro.

O problema central da pesquisa se encontra no processo de implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos e do Plano Estadual de Resíduos Sólidos SP, nos municípios integrantes do Comitê de bacias Alto Paranapanema (UGRHI-14).

A hipótese reside na existência de interfaces institucionais entre a gestão integrada de resíduos sólidos urbanos e a gestão integrada de recursos hídricos, e as potencialidades das geotecnologias e da educação ambiental que levam a um novo modelo de gestão de resíduos.

Busca-se contribuir para o aprimoramento da gestão/gerenciamento de resíduos sólidos urbanos na ugrhi-14 a partir do diagnóstico da gestão de resíduos sólidos urbanos com detalhamento na escala dos municípios integrantes do comitê de bacias hidrográficas - Alto Paranapanema; da demonstração das interfaces institucionais; da potencialidade das geotecnologias (SIG) como instrumento de análise geográfica; do potencial teórico da perspectiva da Educação Ambiental Ético-Social e propondo um modelo de gestão/gerenciamento de resíduos sólidos urbanos.

Nosso procedimento metodológico é sintetizado em: identificação do problema de pesquisa e alinhamento da hipótese, revisão bibliográfica, análise de políticas públicas setoriais, diagnóstico da gestão de resíduos, identificação e demonstração das interfaces institucionais, identificação e demonstração das potencialidades.

Os resultados se concentram no diagnóstico da gestão de resíduos da ugrhi-14, com apontamentos para a necessidade do reforço nas ações de coleta seletiva e adequação de áreas de disposição final de resíduos especificamente no que concerne à proximidade de corpos hídricos em treze dos trinta e sei municípios observados.

As interfaces institucionais foram demonstradas a partir da atuação do CBH-ALPA em processos de educação ambiental para resíduos sólidos e as potencialidades do uso das geotecnologias foram comprovadas na elaboração do diagnóstico da gestão de resíduos.

Outro resultado importante esta no modelo proposto de gestão/gerenciamento de resíduos sólidos urbanos, que internaliza as interfaces institucionais e faz uso das geotecnologias. Ressaltamos que a partir da significativa atuação do CBH-ALPA na gestão de resíduos, os municípios integrantes devem buscar a superação dos problemas e deficiências na atual situação da gestão integrada de resíduos sólidos urbanos da área em questão, tendo como objetivo a adequação e implantação da política nacional de resíduos.


 

Imprensa SEESP
Informação da Agência Unesp de Notícias










Lido 2744 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda