logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Engenheiro XXI – Processo seletivo para Engenharia de Inovação do Isitec

Avalie este item
(0 votos)

Até 8 de dezembro próximo estão abertas as inscrições para o processo seletivo da graduação em Engenharia de Inovação do Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), mantido pelo SEESP. Estão disponíveis 40 vagas. As aulas terão início no dia 29 de janeiro de 2018.

As provas ocorrerão em três fases: a primeira, com teste de análise de aptidão lógica online; a segunda, levando-se em conta classificação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); e, por último, análise e interpretação de linguagens, incluindo matemática e produção textual. Mais informações sobre o vestibular pelo telefone (11) 3254-6850, e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou no site www.isitec.edu.br.

Como salienta o professor e diretor de graduação do instituto, José Marques Póvoa, a criação do Isitec acompanha o nascimento da concepção da indústria 4.0, novo modo de produção que conecta e interage ambientes físicos, digitais e biológicos. Segundo ele, essa discussão acontece no mundo todo, e o Brasil não pode ficar na retaguarda. “A nossa escola tem a incumbência de tratar esse tema no mundo da educação e estamos tentando adequá-lo à realidade brasileira”, explica.

Póvoa observa que o Isitec parte do princípio de que quem tem um raciocínio lógico é capaz de perceber o que é importante e o que é indispensável em cada momento. “Ele é essencial a qualquer profissional de hoje”, destaca. A concepção de ensino de engenharia, aponta, considera que “cada vez mais precisamos ser capazes de tomar decisões, atuar como únicos e ao mesmo tempo em coletividade em qualquer organização, aprender a tomar decisões e ser responsáveis por elas”.

Raciocínio estruturado – O instituto, ainda de acordo com o diretor, procura “também desenvolver o raciocínio/pensamento adaptativo que capacita os indivíduos a pensarem soluções fora do caminho tradicional. Muitas vezes encontrar a solução mais adequada de um problema exige ter diferentes percepções de uma mesma realidade”.

Na sua avaliação, a criatividade e o processo de inovação estão intimamente ligados. “Essas competências almejadas pelo mundo atual são discutidas constantemente com os estudantes e professores do Isitec.” E prossegue: “No nosso processo seletivo, com a avaliação online de teste de análise e aptidão lógica, destacamos a necessidade do raciocínio lógico e estruturado, assim como no processo de aprendizado. Antes da informação, valorizamos o conhecimento.”

 

 

Jovem engenheiro
Organizando a juventude no sindicato

O Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP realiza, no dia 16 de dezembro, a última reunião de 2017, quando pretende fazer um balanço das atividades do ano e propostas para 2018. O encontro é às 14h, na sede do sindicato, na capital paulista (Rua Genebra, 25, Bela Vista).

Segundo a coordenadora Marcellie Dessimoni, neste ano o núcleo trabalhou fortemente para a criação de tais espaços nas delegacias sindicais no interior paulista. Nesse sentido, esteve em oito regionais do SEESP: Piracicaba, Sorocaba, Araraquara, Bauru, Presidente Prudente, Lins, São Carlos e Jacareí. No dia 30 de outubro último, foi lançado o núcleo bauruense.

O grupo realizou, ainda, 12 reuniões de trabalho do “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento – Itaim Paulista”, lançado em 2016, e visita técnica ao bairro para conhecer a escola onde será realizada a segunda etapa do projeto, que é o ciclo educativo de sustentabilidade. Os jovens engenheiros puderam ainda participar, ao longo do ano, de diversas palestras.

 

 

Livro traz boas práticas à construção civil

Pensado para profissionais e estudantes que desejam utilizar métodos estruturados na execução de suas obras, os engenheiros civis e professores da Faculdade de Tecnologia  no Rio Grande do Sul (Ftec) Antônio Carlos da Costa Valente e Victor Meireles Aires escreveram o livro “Gestão de projetos e Lean Construction – Uma abordagem prática e integrada” (Editora Appris). A obra, lançada em novembro, é uma proposta de gestão coordenada na construção civil aliada à filosofia Lean. O Jornal do Engenheiro entrevistou Aires para saber mais sobre o tema e a publicação.

 

O que é o Lean Construction?

O Lean teve origem na fábrica da Toyota (Japão). É uma técnica conhecida por propor redução de desperdícios e melhoria contínua no desenvolvimento de qualquer produto. Esse processo acabou migrando do automobilismo para outras indústrias convencionais, como a da construção.

 

Por que uma obra sobre o tema?

Identificamos uma carência no mercado nacional de literatura técnica voltada ao assunto. E entendemos que tal conhecimento, quando conectado às boas práticas de gestão de projetos, só tem a contribuir para o desenvolvimento mais assertivo de obras civis, gerando dessa forma um crescimento profissional aos engenheiros civis, arquitetos e demais profissionais ligados à gestão de obras.

A publicação pode ser encontrada nas principais livrarias do País e no site www.editoraappris.com.br.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda