GRCS

05/07/2013

Engenheiros discutem proposta final da Elektro dia 10

Em reunião realizada no dia 4 último, a Elektro apresentou a proposta final para a assinatura do Acordo Coletivo 2013, com o seguinte teor: reajuste de 6,53% para os salários e demais benefícios; reajuste de 6,80% para VA/VR e cesta base; PLR 2013 e 2014 fica garantido o piso mínimo de 90% em relação ao valor pago individualmente a título de PLR 2011 para cada empregado, com garantia da PLR 2013 e 2014 de Gestores; regularização das escalas de trabalho que não praticam 1 hora de almoço; revisão das escalas de Linha Viva de modo a uniformizá-las com as escalas de eletricistas de restabelecimento.

E ainda: revisão do Programa PEA: os salários e benefícios concedidos aos empregados que aderem ao PEA serão assegurados aos empregados desligados nos termos da cláusula 27, itens “e” e “f”. A empresa propõe que em caso de acordo bilateral entre empresa e empregados enquadráveis nessa situação, seja concedido ao empregado o valor de 100% dos salários e benefícios assegurados aos empregados que podem aderir ao PEA, independente da sua data de admissão; redução de 1,5% em todas as faixas de participação dos empregados na tabela de auxílio alimentação.

Os engenheiros da empresa têm assembleia no dia 10 de julho, 9h (1ª convocação) e 9h30 (2ª convocação), para apreciação e deliberação da categoria sobre esta contraproposta, na área da churrasqueira da sede corporativa da Elektro em Campinas.


Imprensa – SEESP




Lido 1718 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda