GRCS

17/08/2012

Veículos elétricos dependem da próxima geração de baterias e infraestrutura

Com os novos padrões da CAFE (Corporate Average Fuel Economy) necessitando de novos modelos de carro para atingir ao menos 56,3 quilômetros por galão até 2016 e 87,7 quilômetros por galão até 2015, veículos elétricos têm a oportunidade de desempenhar um papel fundamental no transporte num futuro próximo. No entanto, membros do IEEE identificaram duas grandes barreiras tecnológicas para a adoção generalizada de veículos elétricos.

Tecnologia das baterias
Em comparação com a velocidade com que outras inovações de automóveis foram desenvolvidas, os avanços na tecnologia das baterias mudaram num ritmo muito mais lento. Atualmente, as baterias de veículos elétricos só podem mover os carros para dirigir em média entre 96,5 e 128,7 quilômetros antes de precisarem ser carregados. O desenvolvimento de uma bateria recarregável uniforme que possa manter uma carga por um tempo maior de condução tem relação com o custo-benefício e menor densidade, além de medidas de segurança ideais ainda terem de ser desenvolvidas.

Carregamento
A implementação de estações de carregamento nas cidades e nas estradas é fundamental para a penetração de veículos elétricos no mercado consumidor. A expansão desta infraestrutura ajudará a suportar o volume de veículos novos na estrada e vai proporcionar uma maior capacidade para conduções de longas distâncias.

 

Imprensa – SEESP
Informações da Assessoria de Imprensa do IEEE



Lido 1458 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda