logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

27/03/2024

Câmara ignora reivindicação dos servidores e aprova reajuste de 2,16%

Comunicação SEESP*

 

Apesar da greve e forte mobilização dos servidores públicos municipais, a Câmara dos vereadores aprovou, na terça-feira (26/3), em segundo turno, o Projeto de Lei 155/2024 que prevê reajuste de apenas 2,16% aos salários da categoria. Foram 37 votos favoráveis e 15 contrários.

 

Os servidores, incluindo os engenheiros da Prefeitura Municipal de São Paulo, em assembleia unificada em frente à Câmara, na tarde da terça-feira (26), deliberaram por suspender a greve, e ainda:

 

  • Indicativo de nova paralisação caso não seja realizada a negociação dos dias parados ou qualquer forma de punição aos grevistas.
  • Indicativo de nova paralisação caso governo proponha reestruturação das carreiras da Educação ou ataque qualquer outra carreira.
  • Continuidade da luta pelo fim do confisco de 14% dos aposentados e pensionistas.

 

Também decidiram pela retomada das negociações dos demais pontos de pauta não econômicos, como a reivindicação de melhores condições de trabalho e saúde para o funcionalismo; concursos públicos em todas as áreas; instauração formal do grupo de trabalho proposto pela Prefeitura sobre a revisão da lei de férias.

 

 

 

Servidores em frente à Câmara 260324Durante a sessão plenária, milhares de servidores em greve protestavam em frente à Câmara 

 

 

 

Voto dos vereadores reajuste servidores 260324Veja os votos dos vereadores de São Paulo. Foto: Câmara Municipal

 

 

 

 

 

*Com informações do Sindsep e Câmara Municipal de São Paulo.            

 

 

 

 

 

 

 

Lido 227 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda