logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

08/03/2024

Mulheres vão às ruas nesta sexta contra todos os tipos de violência

Nós, mulheres da periferia*

 

Nesta sexta-feira (8/3), Dia Internacional da Mulher, movimentos de mulheres realizarão atos de luta em diversas cidades brasileiras. Entre as pautas estão a defesa da democracia, o combate a todos os tipos de violência e genocídio do povo palestino.

 

Confira informações sobre os atos deste 8 de março em dez capitais do País.

 

São Paulo (SP)

Concentração: 17h

Local: MASP – Av. Paulista, 1578 – Bela Vista

 

O movimento Marcha das Mulheres Negras de São Paulo estará presente no ato paulista defendendo o mote “Nas ruas pela vida das mulheres e legalização do aborto. Contra as violências, as privatizações, o fascismo e o genocídio do povo negro e palestino”.

 

 

Rio de Janeiro (RJ)

Concentração: 16h

Local: Candelária – Praça Pio X, s/n – Centro

 

O ato unificado da capital carioca terá trajeto de caminhada da Avenida Rio Branco até a Cinelândia. Às 18h30 está prevista roda com microfone aberto para mulheres e performance da artista Marta Moura.

 

 

Distrito Federal (DF)

Horário: 16h

Local: Praça Zumbi dos Palmares – SDS

 

Com início previsto para às 16h, o ato político-cultural do DF marca a data com apresentações musicais de mulheres a partir das 19h, com ritmos como samba e MPB.

 

 

Manaus (AM)

Concentração: 15h

Local: Praça da Matriz – Centro

 

Sob o tema “O medo não vai nos parar”, o 8M em Manaus terá caminhada da Praça da Matriz até o Largo de São Sebastião, onde ocorrerá ato cultural às 18h.

Salvador (BA)

 

Concentração: 13h

Local: Praça do Campo Grande

 

Em Salvador (BA), o Dia Internacional da Mulher será lembrado por meio de caminhada na Praça do Campo Grande. O mote do ato é “Mulheres na luta, em defesa dos nossos corpos, territórios e identidades. Por democracia, contra a violência e exploração”.

 

 

Fortaleza (CE)

Horário: das 8h às 17h

Local: Praça do Ferreira – R. Floriano Peixoto – Centro

 

Com o tema “Mulheres Vivas do Brasil à Palestina”, o ato unificado da capital cearense ocorrerá durante todo o dia 8/3 com atividades diversas: atrações culturais, feira feminista, tendas de orientação nutricional, serviços de fisioterapia, orientação psicológica, aferição de pressão e glicemia, massoterapia e orientação sobre saúde da mulher. Há ainda, às 16h, concentração para caminhada a partir da Praça do Ferreira.

 

 

João Pessoa (PB)

Horário: 9h

Local: Ponto De Cem Reis – Túnel Damásio Barbosa da Franca, 12-78 – Centro

 

Em João Pessoa (PB), o ato político-cultural do 8 de março contará com realização de oficinas, rodas de diálogo, feira preta e apresentações culturais.

 

 

Teresina (PI)

Concentração: 8h

Local: Praça do Fripisa – Centro (Norte)

 

Na capital piauiense, o ato unificado do 8M terá caminhada entre a Praça do Fripisa e a Praça Rio Branco. Entre as reivindicações estão: ditadura nunca mais, mulheres nas ruas em defesa do orçamento público, o genocídio na Palestina e transporte público de qualidade.

 

 

Curitiba (PR)

Horário: 15h

Local: Praça Santos Andrade – Centro

 

Com o mote “Por uma cidade que nos mantenha vivas e um território que nos pertença!”, o ato unificado de Curitiba terá intervenções culturais durante a tarde e marcha a partir das 19h entre a rua João Negrão e a Boca Maldita.

 

 

Florianópolis (SC) 

Horário: 14h

Local: Largo da Alfândega – Centro

 

Sob o slogan “TRANSformando luto em lutas”, o ato de Florianópolis visa incluir as mulheres trans e travestis na luta do 8M. A programação inclui rodas de conversa e apresentações culturais, além da marcha com início às 18h.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*Por Beatriz Oliveira, publicado originalmente no portal em 5/3/2024.

 

 

 

 

 

 

 

Lido 145 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda