logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

09/08/2023

Centrais apoiam pacto contra desigualdades

Agência Sindical

 

As centrais sindicais CUT, CTB, CSB, Força Sindical, Nova Central, UGT, Intersindical e Pública aderiram ao Pacto Nacional pelo Combate às Desigualdades. A iniciativa anunciada domingo (6/8), na Folha de S.Paulo, reúne os Institutos Marielle Franco; Cidades Sustentáveis; Referência Negra Peregu; e a Fundação Tide Setúbal.

 

O movimento visa articular forças políticas e econômicas no combate às desigualdades. O lançamento será dia 30 de agosto em Brasília. Entre os compromissos do Pacto estão a criação de uma Frente Parlamentar de Combate às Desigualdades, Observatório Brasileiro dos Casos de Desigualdades, além de prêmios a municípios que tentam conter tais casos.

 

Segundo Miguel Torres, presidente da Força Sindical, as desigualdades, em suas várias formas, são obstáculos para o Brasil se tornar um desenvolvido. “Somos um País muito rico, mas a miséria aflige grande parte da população, majoritariamente trabalhadora”, afirma.

 

“No mundo do trabalho, apesar dos esforços feitos pelos Sindicatos, que buscam melhores salários, condições de trabalho, saúde e segurança, as desigualdades persistem. É urgente superar tais obstáculos!”, completa o texto do Movimento.

 

Em nota, as centrais orientam as filiadas a se organizar e participar das ações propostas em cada região.

 

O lançamento em Brasília reunirá sindicalistas, empresários, gestores públicos e representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

 

“Nossa esperança é que todos coloquem nas suas agendas o combate às desigualdades com a máxima prioridade e empreendam ações concretas nos seus espaços de atuação e poder. Só assim, com engajamento coletivo, poderemos ter um Brasil próspero, digno e justo”, afirma documento do Pacto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lido 294 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda