logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

08/09/2022

Más notícias

João Guilherme Vargas Netto* 

 

Brasil MaringoniIlustração: MaringoniO sequestro das comemorações e desfiles do bicentenário da Independência pelo bolsonarismo, que os transformou em imensos comícios (principalmente em Brasília, no Rio de Janeiro e em São Paulo), ao mesmo tempo que demonstrou força, escancarou o profundo desprezo pelo significado maior da data nem mesmo mencionada e ainda assim vilipendiada.

 

Cabe agora aos partidos de oposição contestarem o desrespeito à Justiça Eleitoral e às instituições (com os militares aceitando submissos participarem da farsa) e reforçarem suas campanhas, estas sim válidas e legais.

 

Enquanto isso duas péssimas notícias preocupam o movimento sindical e ensejam reações efetivas.

 

A primeira delas é a inominável liminar do ministro Barroso, do STF, suspendendo a aplicação da lei (estritamente constitucional) do piso profissional da enfermagem, o que já provocou a reação contrária unânime das centrais sindicais e das entidades da profissão, com manifestações no próprio dia 7.

 

A segunda é o anúncio, às vésperas do feriado, de 3.600 demissões na Mercedes-Benz, no grande ABC. Anunciadas pela empresa com fundamento em suas necessidades e não levando em conta os interesses do país e dos trabalhadores certamente após a assembleia que os metalúrgicos e o sindicato convocaram para hoje será motivo de luta e de resistência.

 

Enquanto se travam as grandes batalhas eleitorais o movimento sindical tem com o que se preocupar, mas saberá conduzir, com mobilização e unidade, as lutas vitoriosas contra os efeitos destas más notícias.

 

 

 

 

 

 

 

joao guilherme CNTU artigo copy

 

*Consultor sindical

 

 

 

 

 

 

 

Lido 2560 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda