GRCS

13/05/2021

Proposta do Metrô avança, mas ainda não atende os engenheiros

Comunicação SEESP

 

Na audiência de mediação ocorrida na manhã da quarta-feira (12/5), no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), o Metrô apresentou nova proposta para assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho de 2021. Em seguida, os engenheiros da companhia em assembleia virtual deliberaram, entre outros pontos, por rejeitar a proposta.

 

A categoria deixa claro, mais uma vez, a necessidade de que as negociações rumem para a reposição dos salários e a garantia da manutenção das conquistas históricas dos engenheiros no Metrô.

 

Uma nova reunião de mediação acontece na próxima segunda-feira (17/5). E os engenheiros convocam assembleia geral no dia 18 de maio, às 18h30, para discutir sobre as possíveis evoluções da negociação.

 

Confira proposta apresentada pelo Metrô na audiência de mediação em 12 de maio:

 

  1. Remuneração do Adicional de Férias, com 50% = parcela fixa + 0,5 vezes a diferença entre salário nominal e parcela fixa;
  2. Adicional noturno de 35%;
  3. Reajuste salarial (2019/2020) de 2,61% com pagamento em janeiro/2022, não retroativo;
  4. Pagamento da segunda parcela do PPR 2019 em janeiro/2022;
  5. Manutenção das demais cláusulas já propostas (já formalizadas aos sindicatos, conforme cartas D.A. nºs 062 e 063/2021).

 

Os engenheiros em assembleia também no dia 12 deliberaram por:

 

  1. Ratificar a Cláusula de Paz proposta pelo TRT;

  2. reiterar o interesse de que a negociação espelhe a necessária reposição dos salários da categoria frente às perdas acumuladas do período de 2 (dois) anos anteriores à data-base de 1º de maio de 2021;

  3. que seja mantida a vigência da última sentença normativa até a assinatura do novo acordo coletivo de trabalho em garantia das conquistas históricas da categoria;

  4. rejeitar a proposta de Acordo Coletivo de Trabalho na forma apresentada pela empresa na audiência;

  5. propugnar pela continuidade das reuniões de negociação, conforme proposto pelo TRT, buscando chegar a um entendimento com o Metrô, para celebração de um acordo que atenda os direitos e interesses dos trabalhadores; e

  6. participar da reunião de mediação no TRT no próximo dia 17/5, às 14h.

 

As deliberações já foram notificadas à empresa e farão parte dos autos da mediação em curso no tribunal.

 

 

 

Agenda

Assembleia Geral Extraordinária virtual dos engenheiros do Metrô

Data: 18 de maio de 2021 (terça-feira)

Horário: 18h30 (1ª convocação) e 19h (2ª convocação)

Local virtual: link enviado por e-mail.

Pauta: Discussão e deliberação da campanha salarial 2021.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lido 169 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda