GRCS

22/02/2021

Fórum Sindical busca Parlamento para tratar de vacina e Emergencial

Agência Sindical

 

O Fórum Sindical dos Trabalhadores (FST), as confederações e entidades filiadas iniciaram dia 16 de fevereiro ação para contatos e reuniões com parlamentares. O objetivo, conforme ofício enviado a cada deputado e senador, é buscar o engajamento do Congresso por vacina para todos, Auxílio Emergencial e financiamento a micro e pequenas empresas.

 

“Sem vacina, a saúde pública caminha pra catástrofe. Sem vacina não há como retomar negócios. Sem vacina e sem negócios em funcionamento, o desemprego só vai crescer”, alerta Oswaldo Augusto de Barros, coordenador do Fórum e presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Educação e Cultura (CNTEEC).

 

Na quinta-feira (18/2), já havia uma primeira agenda de encontros com parlamentares, nos gabinetes em Brasília ou nos escritórios nas bases. “Dividimos a tarefa entre Confederações, Federações e Sindicatos, a fim de falar com o máximo de deputados e senadores, de todos os partidos, e também os líderes partidários”, adianta o professor Oswaldo.

 

Abono

Afora a falta de vacina, o Fórum Sindical critica a proposta que rebaixa o Auxílio Emergencial. Diz a carta: “Ouvimos que o Ministério da Economia sinaliza para um Auxílio de R$ 250,00. O valor sequer enche uma sacola de compras no supermercado. E o número de pessoas com direito a receber seria menor”.

 

No documento aos parlamentares, o FST destaca a relevância do Legislativo. “O papel do Congresso Nacional é de vital importância no sentido de uma mudança de comportamento na administração de nossas vidas”, ressalta.

 

 

 

 

 

 

 

 

Lido 31 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda