GRCS

18/04/2018

Profissionais da Emae aprovam pauta em assembleia

 

Comunicação SEESP

Os engenheiros da Emae iniciam as negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2018 com a aprovação da pauta de reinvindicações, em assembleia realizada na segunda-feira (16/4). Eles reivindicam reajuste da inflação do período, com base nos índices econômicos IPCA, INPC do IBGE, IPC da Fipe, ou ICV do Dieese, prevalecendo o maior, e aumento real de 1,5%.

Pauta ACT aprova Emae

Durante a assembleia, ocorrida no Centro de Convivência da sede da Emae, em São Paulo (SP), também foram aprovados outros itens como reajuste dos benefícios; manutenção da data-base (1º de junho) e vigência de d
ois anos do ACT (até 31 de maio de 2020), com exceção das cláusulas econômicas que serão negociadas anualmente na data- base; manutenção de plano de cargos e salários; bem como o cumprimento do piso salarial para a categoria dos engenheiros no valor do salário mínimo profissional, previsto na Lei n° 4.950-A, de 22 de abril de 1966, a partir de 1/6/2018; entre outros.

Outro ponto incluído na pauta foi a manutenção dos programas mantidos pela Fundação CESP nos moldes atuais e a liberação de até dois empregados, sendo um titular e um suplente para atividades de representação sindical, sem prejuízo da remuneração, encargos sociais e benefícios.




Lido 1517 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Oportunidades Plataforma 29 04 1

VAGAS DE ESTÁGIO DE ENGENHARIA

agenda