logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

20/02/2024

001PalavraMuriloVinheta2023Imagem PalavraMuriloTITULO


FNE: seis décadas de luta pelos engenheiros e pelo País


A comemoração dos 60 anos da Federação Nacional dos Engenheiros, que se completam neste domingo (25/2), remete a uma longa e rica trajetória em defesa da categoria, da profissão e do desenvolvimento nacional. Entidade segue com olhos nos desafios do presente e do futuro.


60anosImagemÉ com alegria e orgulho que os engenheiros e engenheiras comemoram neste domingo (25/2) os 60 anos de fundação da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE). A entidade, que está presente nas cinco regiões do Brasil e representa cerca de 700 mil profissionais, celebra uma rica trajetória de luta e trabalho.

 

Conjuntamente com seus 18 sindicatos estaduais filiados, a nossa federação atua de forma permanente em defesa dos direitos dos engenheiros, com pautas fundamentais para a sua valorização, seja no setor público, nas empresas privadas ou atuando como autônomos.

 

Bandeira crucial nesse sentido é o respeito ao salário mínimo profissional, previsto na Lei 4.950-A/1966. Obrigatório para os que atuam como celetistas, a remuneração prevista na legislação é também importante referência para o setor público, conforme vimos argumentando junto às administrações municipais e estaduais, além de órgãos federais.   

 

A proposta da instituição da Carreira Pública de Estado para engenheiros em todos os níveis de governo (federal, estadual e municipal), também na pauta da FNE, tem da mesma forma os propósitos de valorizar a categoria e  garantir melhores condições de atendimento à população.

 

Para além da batalha incansável para que os engenheiros tenham o devido reconhecimento e possam assim dar a sua contribuição plena à sociedade como profissionais, a nossa federação tem ainda inserção qualificada no debate sobre os rumos do País.

 

Tal contribuição vem se dando especialmente por meio do projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento”, que desde 2006 elabora e discute propostas factíveis para que haja expansão econômica sustentável, com distribuição de renda e preservação ambiental. 

 

Na edição lançada em 2023, os temas em pauta foram a necessidade de neoindustrialização do País, com investimentos em pesquisa e foco nos desafios ambientais de monta, a exemplo da transição energética. A publicação desencadeou o debate sobre a implantação de uma indústria de semicondutores no País e está em linha com o programa “Nova Indústria Brasil”, lançado em janeiro último.

 

Em 2024, o projeto colocará em pauta as cidades inteligentes, tendo como premissa que essas são as que oferecem condições adequadas de vida à população, e não simplesmente as que lançam mão de recursos de tecnologia da informação. O trabalho será apresentado a candidatos nos pleitos municipais de todo o Brasil, num esforço de qualificar o debate eleitoral e colaborar com soluções viáveis.

 

Com essa dinâmica, a FNE chega aos seus 60 anos celebrando sua belíssima trajetória –  construída com o trabalho de gerações de dirigentes, militantes e colaboradores – com foco no presente e no futuro, cumprindo sua vocação de trabalhar por um Brasil melhor para todos.

 

É uma honra fazer parte desta história. Vida longa à nossa federação!

 

Eng. Murilo Pinheiro – Presidente

Lido 481 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda