logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

23/01/2024

 

Nos 470 anos de São Paulo, pensar em como melhorar a vida nas cidades

 

Nesta quinta-feira (25/1) celebra-se o aniversário do mais populoso e um dos mais importantes municípios brasileiros, onde os problemas urbanos são igualmente numerosos. A festividade é ótima oportunidade para pensar em como solucioná-los na capital paulista e também em todo o País.

 

Esta quinta-feira (25/1) é dia de celebração na cidade de São Paulo, que completa 470 anos de sua fundação. O mais populoso município do País, com seus 11,4 milhões de habitantes, conforme o Censo 2022, é certamente um dos mais importantes não só do Brasil como da América Latina e do mundo.

 

A localidade detém mais de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e segue sendo destino privilegiado para negócios e profissionais em busca de oportunidades. Com enorme riqueza cultural em todos os setores e com sua incrível e bem-vinda diversidade graças aos tantos migrantes que recebe, oriundos de outras regiões do País e de várias partes do globo, São Paulo merece sem dúvida alguma ser festejada.

 

Contudo, cabe também nessa comemoração a reflexão sobre a urgência de se buscar caminhos eficazes para solucionar as mazelas urbanas que convivem cotidianamente com tamanha grandeza. Ponto fundamental de partida seria, sem dúvida alguma, a triste realidade da crescente população em situação de rua, que no ano passado já somava 52 mil pessoas. Os dados constam de pesquisa do Observatório Brasileiro de Políticas Públicas com a População em Situação de Rua (Polos) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e, conforme alertava a instituição, poderiam estar subnotificados, tendo em vista a desatualização do registro CadÚnico no qual o estudo se baseia.

 

Para além dos números, há o testemunho de quem transita pela cidade e a cada dia vê crescer o número de desabrigados sobrevivendo sem um teto a lhes proteger, numa situação desesperadora que não poupa crianças ou idosos. Não é admissível que tanta riqueza e prosperidade, luxo e sofisticação possam conviver passivamente com a miséria e o sofrimento de seres humanos. É, portanto, para ontem que medidas adequadas sejam tomadas na gestão pública a fim de garantir moradia e integração social aos paulistanos que, por diversos motivos, especialmente pela pobreza, foram parar nas ruas.

 

Nos problemas a se resolverem incluem-se ainda transporte público lotado e apresentando falhas, engarrafamento, insegurança, enchentes, carência de arborização e de cuidado com as árvores existentes, poluição ambiental, falta de equipamentos públicos, de limpeza, conservação e de manutenção em geral. Dar conta desse universo, o que é essencial para que os cidadãos tenham qualidade de vida e a cidade possa crescer de forma sustentável, exige vontade política, planejamento e protagonismo da engenharia.

 

Ainda que sejam muitos e inúmeros, os desafios podem ser superados se esse for realmente o objetivo de todos os responsáveis pela administração e houver participação efetiva da sociedade. Que este ano, em que se realizam as eleições municipais, seja dedicado ao debate de alto nível de propostas para melhorar a vida na capital paulista e nas demais localidades do País.

 

Celebremos o aniversário da querida São Paulo e trabalhemos juntos por uma cidade na qual todos sejam mais felizes.

 

 

Eng. Murilo Pinheiro – Presidente

Lido 913 vezes
Gostou deste conteúdo? Compartilhe e comente:
Adicionar comentário

Receba o SEESP Notícias *

agenda