Logos

GRCS

Editorial – Isitec: um sonho que se realiza

Avalie este item
(0 votos)

Após anos debatendo a necessidade de o Brasil avançar a sua industrialização, o que exige ganhos de competitividade e, necessariamente, maior produtividade e inovação, o SEESP tomou uma decisão fundamental: criar uma escola de engenharia que atendesse a essa demanda.  Com esse norte, surgiu, em 2011, o Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), que tem o nosso sindicato como entidade mantenedora. Ao longo desses anos, uma equipe de alta competência dedicou-se a formatar um curso que pudesse oferecer ao mercado um profissional de sólida formação básica e apto a buscar as soluções necessárias ao nosso desenvolvimento.

Esse esforço resultou na graduação em Engenharia de Inovação, com 4.620 horas de carga total e uma matriz curricular que inclui, além das disciplinas básicas, técnicas e científicas da área, formação empresarial e aprofundamento profissional.  A elaboração do projeto pedagógico do Isitec abrangeu ainda o debate sobre a forma de ensinar engenharia, que também precisa ser inovadora, e a capacitação do corpo docente para essa visão. Por fim, foi projetada e providenciada a estrutura física compatível com esse objetivo.

Após o credenciamento pelo Ministério da Educação, no final de 2013, mais um passo nessa empreitada foi dado com a proposta de um processo seletivo diferenciado e a decisão de oferecer bolsas integrais a todos os aprovados, atraindo ao Isitec bons alunos interessados em aprender e se evitando a restrição socioeconômica.

Percorrido esse longo e desafiador caminho, em 23 de fevereiro último, teve início o primeiro curso de graduação em Engenharia de Inovação do País, oferecido pela primeira faculdade criada por uma entidade sindical, numa iniciativa duplamente pioneira.  Essa largada foi dada também em alto nível, com uma aula inaugural proferida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, e uma cerimônia que contou com importantes parceiros do SEESP e do Isitec.

Portanto, já está efetivamente em marcha uma experiência que certamente é ousada, mas que foi cuidadosamente planejada para obter êxito. Ao final de 2019, após cinco anos estudando em período integral e se preparando para vencer desafios, chegarão ao mercado os primeiros engenheiros de inovação do Brasil.

Para nós, chegar a esse ponto é a realização de um sonho que vai muito além das justas lutas corporativas em defesa da nossa categoria. Os 54 meninos e meninas que agora dão vida ao Isitec simbolizam nosso firme propósito de contribuir com a construção de um país desenvolvido, justo e soberano. É o nosso manifesto – traduzido em nada menos que uma escola de engenharia de excelência – em defesa do nosso futuro e da possibilidade de o Brasil deixar para trás a precariedade e se tornar uma nação de justiça e oportunidades para todos.


Eng. Murilo Celso de Campos Pinheiro
Presidente

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp