Logos

GRCS

Engenheiro XXI – VLI aposta na qualificação do engenheiro

Avalie este item
(0 votos)

As atividades do profissional na empresa de logística, os programas de aperfeiçoamento e oportunidades são o tema desta entrevista com João Silva Júnior, gerente geral de Engenharia Ferroviária da VLI. A empresa – que engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA) – tem uma rede intermodal que une o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, além de terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Segundo Silva, a engenharia está totalmente associada à área de logística.

 

Qual o perfil da engenharia na VLI?

Está em várias áreas da empresa, incluindo cargos de liderança. Temos graduados em diversas modalidades – ambiental, civil, elétrica, produção, química, sistemas, mecânica etc..

 

Como é o trabalho desses profissionais na empresa?

Eles podem atuar no dia a dia da ferrovia, de um terminal ou ainda em uma operação portuária, planejando ou executando obras, ou acompanhando nas áreas de segurança, operação, manutenção etc.. Dentro da empresa, há setores que demandam e promovem a busca por conhecimentos teóricos e práticos para compreender, a fundo, por exemplo, as interações entre materiais rodantes (vagões e locomotivas) e a infraestrutura da linha férrea. A VLI estimula o desenvolvimento profissional e aposta em qualificação como uma das maneiras de contribuir à transformação da logística do País.

 

Como é o ingresso do engenheiro na VLI?

Via programa de estágio ou trainee. Os profissionais recrutados como trainee passam por curso de especialização em engenharia ferroviá­ria ou de portos e terminais, ofertado pela empresa. Depois, fazem o “Mochilão VLI” para conhecer as principais operações da companhia nos portos, ferrovias e terminais pelo Brasil. Durante o programa, além de desenvolverem um projeto técnico de melhoria para as áreas em que serão alocados, os jovens recebem treinamentos em temas variados relacionados à carreira, com o objetivo de desenvolver competências alinhadas ao seu perfil e aos valores da companhia. Já o programa de estágio tem o intuito de desenvolver jovens talentos, que realizarão projetos de acordo com sua área, com acompanhamento de um gestor.

 

Qual a importância da área na logística?

A atividade do engenheiro na logística é fundamental para manter a integridade física e estratégica do negócio. Esses profissionais monitoram, planejam e executam uma série de atividades para manter a infraestrutura do sistema – ferrovias, terminais e portos – integrada.

 

E as habilidades exigidas?

Além da competência técnica, o profissional deve ser proativo, ter motivação e interesse por inovar, saber trabalhar em equipe e ter flexibilidade para mudanças.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp