Logos

GRCS

15/04/2019

Brasil precisa de engenheiros para economia do século XXI

Avalie este item
(0 votos)

Comunicação SEESP*

 

Em artigo publicado no jornal O Globo, em 11/4, o jornalista Pedro Doria defende a necessidade de uma economia digital no País. “O crescimento do PIB, cada vez mais, estará ancorado em crescimento do digital”, ele aponta.

 

O jornalista esteve presente na conferência Brazil at Silicon Valley, organizada por estudantes brasileiros da universidade de Stanford (EUA), que aconteceu nos dias 8 e 9/4, e que, segundo ele, tem como foco a economia digital, a economia do século XXI.

 

Ele destaca que cinco, das dez maiores empresa dos últimos oito anos, são digitais – e pertencem aos Estados Unidos. Outras duas maiores, da China, são também são de economia digital. Já no Brasil, as maiores, que perderam valor de mercado recentemente, incluem uma petroleira, uma minerados, três bancos, o que ele define como “mais século XX, impossível”.

 

Para entrar no percurso de crescimento mundial, Pedro Doria alerta que falta o capital humano qualificado, que “o pé de barro do Brasil é falta de engenheiros”. Nesse sentido, ele aponta a educação como principal problemática: “O fato de que o Brasil não consegue sequer alfabetizar e ensinar as quatro operações aos brasileiros mais pobres custa muito caro. Em drama humano e em dinheiro. Precisaremos de gente que conhece matemática em quantidade”, descreve no artigo.

 

>>> Confira aqui o artigo na íntegra.

 

 

 

*Com informações do site do O Globo.

 

 

 

 

 

 

Lido 55 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp