Logos

GRCS

12/06/2018

Agricultura e engenharia em debate no núcleo jovem

Avalie este item
(1 Votar)

 

Comunicação SEESP*

 

O Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP promoveu, no último sábado (9/6), o debate “Desafios da engenharia na agricultura e pecuária”, em sua reunião mensal, com a palestra do engenheiro agrônomo Ângelo Petto, presidente da Associação de Engenheiros Agrônomos de São Paulo e conselheiro do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP).

 

Petto falou sobre a história da agricultura brasileira que, na década de 1950, era tida apenas como importadora de alimento, “até encontrarem uma maneira de desenvolver cérebros para pensar na ideia do agronegócio”. Então, conforme ele contou, surgiu a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), “com o intuito de superar as barreiras que limitavam a produção de alimentos, fibras e energia no País”.

 

Esse esforço foi a chave para alavancar a agricultura, segundo o engenheiro, tirando o Brasil da condição de importador para um dos maiores produtores e exportadores mundiais de alimentos. Para o profissional, o agronegócio não é um vilão que desmata para sua produção. “O setor é fonte de produção de alimentos, energia renovável e fibras”, argumentou.

 

Ele defende que, assim como outros países escolhem uma fonte de subsistência, a do Brasil é o agronegócio. “Sem ele não somos nada”, afirmou, apontando que há espaço para que todas as modalidades da engenharia estejam envolvidas no processo da produção agrícola. Um exemplo é a necessidade do engenheiro mecânico, profissional responsável pelo desenvolvimento de máquinas e equipamentos capazes de plantar e colher em grande escala.

 

A liderança parabenizou os jovens pelo interesse no assunto e pela busca do aprimoramento profissional. “Não chegaremos a lugar nenhum sem a participação de toda a categoria, só teremos força quando nos unirmos”, disse.

 

 

Foto: Núcleo Jovem Engenheiro
JovemEng 090618

 

 

Cara nova no SEESP

 

O núcleo recebeu também a profissional de recursos humanos Marismar Malara, da área de Oportunidades na Engenharia do SEESP, que apresentou a reestruturação do espaço, agora oferecendo mais benefícios para estudantes e engenheiros associados ao sindicato.

 

Além de disponibilizar o atendimento para formulação de currículo e simulação de entrevista, o departamento conta com uma plataforma no site do SEESP, com dicas de carreira, mapa da profissão que mostra onde engenheiros de diferentes modalidades podem atuar e quais são suas atribuições. No campo “Fique por dentro”, o profissional pode acompanhar publicações sobre o que está acontecendo na engenharia. Em “vagas”, é possível se cadastrar para visualizar as oportunidades em aberto.

 

Malara também deu dicas sobre o mercado de trabalho e enfatizou a importância do suporte para o aprimoramento e desenvolvimento profissional oferecido pelo SEESP. Maycon Furtado, integrante do núcleo jovem, compartilhou a sua experiência com o atendimento do setor, em que fez uma simulação de entrevista. “Nunca havia passado por um processo de seleção (...) a entrevistadora mostrou meus erros e pôde me dar dicas de como melhorar, o que me possibilitou ter um melhor desempenho em um processo real de seleção”, atestou.

 

Jéssica Trindade Passos, estagiária do Núcleo Jovem Engenheiro, enfatizou a importância da participação dos jovens nas discussões da categoria e na busca pelo aprimoramento constante para alcançar um espaço no mercado de trabalho atual, que, em suas palavras, “é extremamente competitivo, já que a oferta é pequena perto da demanda”.

 

 

 

*Com informações do Núcleo Jovem Engenheiro

 

 

 

 

Lido 184 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda

art creasp