Logos

GRCS

16/03/2016

Nova gestão da FNE tem início nesta quarta-feira

A diretoria que comandará a FNE no período 2016-2019 tem início formal nesta quarta-feira, 16 de março. No próximo dia 28, às 18h, ocorrerá na Assembleia Legislativa de São Paulo a solenidade de posse da equipe que tem à frente Murilo Celso de Campos Pinheiro, reconduzido ao cargo de presidente da entidade. 


Foto: Marcelo Kanasiro
FNE Diretoria 2016 editada 
Diretoria FNE eleita durante o IX Congresso Nacional dos Engenheiros (Conse)
 

A chapa única por ele encabeçada foi eleita por ampla maioria no dia 7 de outubro, ao final do IX Congresso Nacional dos Engenheiros (Conse), em Campo Grande (MS). No total, foram 217 votos, ante seis nulos e sete brancos. Participaramdo pleito representantes dos 18 sindicatos de engenheiros do País (Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins) que compõem a federação.

Manter a mobilização nacional em prol do desenvolvimento sustentável – que culminou no projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento” em 2006 – integra o plano de ação da diretoria que será empossada. O entendimento é de que é urgente apresentar saídas para que se retome o crescimento, diante das crises política e econômica por que passa o País neste momento. Como parte disso, a FNE lança o projeto “Engenharia unida”, convocando a ação coesa da categoria no enfrentamento dos desafios atuais. Esse será o chamado durante a posse.

Leia também
Informações sobre a solenidade de posse
Entrevista com Murilo Pinheiro, presidente reeleito
Carta de Campo Grande – “É hora da Engenharia Unida”

Na certeza de que a federação tem trilhado caminho acertado ao unir a demanda nacional à luta sindical, a gestão 2016-2019 já inicia seus trabalhos inaugurando os debates relativos à etapa atual do projeto “Cresce Brasil”, que trará o tema “Cidades”. O resultado será apresentado em julho próximo para discussão com a sociedade e os candidatos nas eleições municipais em todo o território nacional.

Na defesa dos representados pela FNE, em iniciativas integradas com os sindicatos a ela filiados, a nova diretoria seguirá a batalha pelo cumprimento da Lei 4.950-A/66, que estabelece o piso profissional da categoria. Além disso, fortalecerá a luta pela implementação da carreira de Estado para engenheiros e arquitetos nos três níveis de governo, com aprovação de projeto de lei no Congresso Nacional. Pauta essencial não só pelo reconhecimento e valorização profissional, essa visa também dotar as administrações públicas de corpo técnico qualificado para garantir desenvolvimento e qualidade de vida à população. A educação continuada é outra bandeira que anova gestão levará adiante, o que inclui o apoio ao Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) como importante iniciativa.

Colocar esses planos em prática e atuar pela engenharia unida, como afirmou Pinheiro quando de sua reeleição, são “a senha para construirmos o País que queremos e precisamos”.

 

 

Soraya Mileh
Imprensa SEESP

 

 

 

 

 

 

Lido 1049 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda