Logos

GRCS

21/10/2015

III Workshop de Águas Subterrâneas

O III Workshop de Águas Subterrâneas dos Comitês PCJ (rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí): Conhecer para Usar e Proteger ocorre dias 12 e 13 de novembro próximo, das 8 às 18h, no Anfiteatro do Centro de Estudos Ambientais da Universidade Estadual Paulista (CEA-Unesp), no campus de Rio Claro (SP).

 

As águas subterrâneas constituem as porções armazenadas abaixo da superfície do terreno, estando invisíveis aos olhos da população. São uma importante reserva hídrica e podem contribuir para o abastecimento de nossas cidades, sobretudo no momento em que a falta de chuvas e a escassez de água com qualidade é assunto cotidiano.

Os meios de comunicação noticial, diariamente, que muitas pessoas em distintos locais, estão sofrendo com a falta de água. Nesse período de dificuldades, a utilização de águas subterrâneas apresentou expressivo incremento, fazendo com que em algumas localidades os efeitos da seca fossem minimizados.

Nesse caso inclui-se a população que vive nas bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Bacias PCJ) e que totaliza cerca de 5,5 milhões de habitantes. Para essas pessoas, nos últimos sete anos, as águas subterrâneas passaram a ter destaque como fonte de suprimento.

Do total da água utilizada nas Bacias PCJ, as águas subterrâneas representam menos de 10% do volume captado, porém esse percentual tem aumentado a cada ano, sendo que os usos mais significativos são no abastecimento urbano, na indústria e nas atividades rurais, respectivamente.

Os aquíferos nas Bacias PCJ apresentam uma boa potencialidade de água, cerca de 133,21m3 por habitante ao ano (dados de 2013), entretanto esse valor vem sofrendo redução anual devido à tendência de aumento da população. Ressalta-se, ainda, que as regiões com a maior disponibilidade hídrica não coincidem com aquelas de maior densidade demográfica e, tampouco, com as regiões mais industrializadas.

No momento presente, o debate a respeito da potencialidade das águas subterrâneas para o suprimento das cidades do PCJ, nas suas diferentes finalidades, é muito importante. Assim como, o desenvolvimento das ações para se ampliar e detalhar o conhecimento a respeito dos aquíferos da região, caracterizar as suas potencialidades e seus aspectos físico-químicos, bem como as demandas para o seu adequado monitoramento e gestão.

Para maiores informações, acesse o site: www.agenciapcj.org.br ou entre em contato com a coordenação da Câmara Técnica de Águas Subterrâneas dos Comitês PCJ pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

 

Fonte: Unesp Agência de Notícias

 

Lido 997 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda