GRCS

Mostrando itens por marcador: engenheiros em Brasília

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, ressaltou nesta quinta-feira (5) o valor da engenharia para a construção da infraestrutura nacional, durante audiência com cerca de 50 representantes de sindicatos estaduais e conselhos regionais da categoria de todas as regiões do País.
Aldo destacou estimar a engenharia brasileira por "sua grande contribuição à construção da infraestrutura da nossa pátria". Segundo ele, o MCTI estuda criar um programa de cooperação com os sindicatos filiados à Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), para "aproveitar o engajamento" da categoria.

 

Aldo MCTI
Aldo destacou estimar a engenharia brasileira por "sua grande contribuição à construção da infraestrutura
da nossa pátria". Crédito: Ascom/MCTI

 

O presidente da FNE e do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (Seesp), Murilo Celso de Campos Pinheiro, declarou na audiência que a visita à pasta demonstrou "a nossa esperança e a compreensão de que o ministro Aldo Rebelo pode fazer um grande trabalho" à frente do MCTI.
Pinheiro já havia visitado Aldo em 26 de janeiro, quando o convidou para proferir a aula inaugural do primeiro curso brasileiro de graduação em engenharia de inovação, no Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), em São Paulo.

 

 

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)

 

 

 

 

 

 

 

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, recebeu na manhã desta quinta-feira (5/02), os dirigentes da Federação Nacional dos Engenheiros(FNE), em Brasília. A audiência contou com uma comitiva de mais de quarenta pessoas entre presidentes dos sindicatos filiados à FNE e de Conselhos Regionais de Engenharia e Agronomia (Creas).

Foto: Paulo Negreiros

Aldo 4 editadaPinheiro, presidente da FNE, fala sobre o engajamento da engenharia nas questões mais importantes
do País 
em audiência com o ministro Aldo Rebelo, da Ciência e Tecnologia

 

Na ocasião, os engenheiros se colocaram à disposição do ministro para contribuir com projetos de desenvolvimento. “Essa reunião tem o objetivo de mostrar o nosso apoio e disposição para parcerias com este ministério que é extremamente importante para o crescimento do País”, declarou o presidente da FNE, Murilo Celso de Campos Pinheiro, na abertura do encontro.

“Sempre manifesto meu apreço, carinho e elevada estima pela engenharia e pelos seus profissionais que atuam na construção permanente do País”, declarou Rebelo, ao dar as boas-vindas aos sindicalistas. Participou da reunião também o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação,
Armando Zeferino Milioni.

Desafios e parceria
Segundo Rebelo, entre os desafios a serem enfrentados no momento o principal é crescer, o que exigirá avanços no setor de ciência, tecnologia e inovação. “Somos a 7ª economia do mundo, mas a situação é preocupante. No desempenho em inovação estamos atrás do 60º colocado. Como manter a posição econômica sem inovação?”, questionou. Para o ministro, superar esse entrave é essencial para que haja incremento da indústria, hoje deficitária enquanto o agronegócio segue sustentando a balança comercial brasileira. “É uma fragilidade”, constatou.

Os dirigentes presentes reforçaram a importância do tema para o desenvolvimento nacional. E colocaram em pauta também as dificuldades atuais nas áreas de recursos hídricos e energia.

Encerrando o encontro, Rebelo informou estar em estudo um programa de cooperação entre o Ministério e a FNE, “para continuar contando com o engajamento da engenharia do País”, na busca de soluções aos problemas nacionais.

 


Imprensa FNE





agenda