Logos

GRCS

06/05/2014

Graduação em Engenharia da Inovação: acompanhe pelo boletim

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) terá, a partir de 2015, a primeira graduação em Engenharia de Inovação do Brasil. A proposta é diferente de tudo o que existe no país e segue modelos de universidades internacionais, como a Texas University, MIT e Harvard. Para obter mais informações, cadastre-se no site da instituição para receber o boletim informativo.

O Isitec foi criado a partir da preocupação da categoria com o déficit na demanda por engenheiros para atuar em projetos de desenvolvimento nacional e também global, que estejam capacitados a identificar e a liderar processos de inovação. Sua atuação se derá em três principais pilares: graduação, educação continuada e consultoria e serviços. Eles trarão uma visão inovadora para a engenharia nacional e a oferta de prestação de serviços ao mercado, estimulando uma parceria permanente entre empresas, estudos e bancadas de pesquisa.

Tanto o Isitec, quanto o curso de Engenharia de Inovação, foram criados em 2011 pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP). Ambos foram homologados pelo MEC em 2013 – que representou um grande aval para o projeto educacional.

O curso será um bacharelado em período integral, com cinco anos de estudo e vai preparar engenheiros aptos a identificar, estruturar e solucionar demandas de inovação em qualquer área em que atue.

“Nossa missão é formar engenheiros capazes de inovar e empreender, transformando e humanizando a sociedade em que vivem.”, afirma Saulo Krichanã Rodrigues, diretor geral do Isitec.

De acordo com o Diretor da Graduação, o professor José Marques "ao aprender a aprender e ao aprender a fazer e realmente fazer, estamos definindo o DNA do Curso de Graduação em Engenharia da Inovação".

Fonte: Comunicação Isitec






 

Lido 1710 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp