Logos

GRCS

16/01/2017

SEESP discute ações prioritárias para 2017 em Jacareí

Avalie este item
(0 votos)

Com o objetivo de discutir as ações prioritárias para 2017, o SEESP realizará uma série de encontros no interior paulista. Como parte dessa agenda, ocorreu nesta segunda-feira (16) reunião na sede da Delegacia Sindical em Jacareí. No ensejo, o presidente estadual da entidade, Murilo Pinheiro, fez um breve balanço da atuação do SEESP em 2016 e um chamado ao trabalho em 2017, com ênfase no esforço regional.


Foto: Rita Casaro/SEESP
Jacareí 16JAN2017 
Reunião na Delegacia Sindical em Jacareí, no dia 16 de janeiro, discute ações para 2017.
 

Salientando o momento difícil no País, com “uma metralhadora giratória colocada contra os trabalhadores, como as reformas trabalhista e da Previdência”, ele observou: “Tudo isso diz respeito à categoria, que precisa participar do debate.” Murilo lembrou as ameaças à engenharia nacional como o anúncio de contratação de empresas estrangeiras pela Petrobras. Referência à licitação para retomada das obras à construção da unidade de processamento de gás natural do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) – em que as empresas nacionais foram impedidas de participar. O presidente da entidade enfatizou, assim, que é necessário combater a corrupção sem desmantelar as companhias brasileiras. 


Como destacou, no ano passado, apesar da situação política, o SEESP realizou uma agenda positiva. “Trabalhamos na direção de buscar alternativas para o crescimento e desenvolvimento nacional. Fizemos inúmeras discussões. Criamos a Frente Parlamentar Mista da Engenharia juntamente com o deputado Ronaldo Lessa.” Para 2017, foi categórico: “Precisaremos arregaçar as mangas e manter o esforço. Temos essa responsabilidade. O Brasil espera que entidades como a nossa apresentem propostas. É o que temos feito por meio do projeto ‘Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento’ e do movimento ‘Engenharia Unida’. Uma grande contribuição é o Isitec (Instituto Superior de Inovação e Tecnologia).”

 

Nessa direção, Murilo ressaltou que o trabalho nas delegacias sindicais deve também se intensificar. “É necessário ampliar a representatividade e a inserção no debate das questões locais e regionais, bem como atrair jovens para essa ação." Em Jacareí, o planejamento para 2017 deve contemplar cursos de qualificação profissional. A ideia, ainda, é aproximar cada vez mais a entidade dos engenheiros, com representantes sindicais em Igaratá, Guararema e Santa Isabel, cidades abrangidas pela delegacia.
 

Da diretoria estadual, participaram dessa primeira reunião os vice-presidentes João Carlos Gonçalves Bibbo e Carlos Alberto Guimarães Garcez, além do 3º secretário, Edilson Reis. Da regional, o presidente Roberto Benedito Requena Juvelle, os vices Joaquim Marcílio de Carvalho e Alexandre Mariano da Silva, além dos diretores Ricardo de Souza Esper, Januário Garcia, Norberto Luiz Vieira Lima e Maurílio Alves de Carvalho. Também esteve presente o 1º vice-presidente da Delegacia Sindical no Alto Tietê, Gley Rosa.

 

 

 

Comunicação SEESP

Lido 1452 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp