GRCS

02/06/2014

Opinião – Quatro fatores da realidade brasileira

Em um quadro econômico langoroso de juros altos e com as excitações provocadas pela mídia, pela Copa do Mundo e pela disputa eleitoral vindoura, quatro fatores pesam na vida da massa de milhões de trabalhadores e pobres brasileiros: o emprego, a renda (ganhos reais de salários e outros rendimentos), a inflação e a utilização dos serviços públicos (estatais ou privados), levando-a a querer garantir a continuidade do que é positivo e a mudança daquilo que julga errado ou insuficiente.

Muito mais que as pesquisas e o quadro histérico desenhado nos meios de comunicação, o acompanhamento preciso de como se comportam esses fatores de peso e sua percepção pelas multidões de brasileiros, nos fornece a chave para a compreensão do momento e o estabelecimento de estratégias corretas.

Até hoje dois deles têm sido positivos e percebidos positivamente: o emprego e a renda. Nestes quesitos a realidade brasileira vai na contramão do mundo, em particular do mundo desenvolvido.

A inflação, renitente, oscila em média entre o teto da meta e seu centro, mas dificulta a vida dos trabalhadores mais pobres porque pesa sobre os salários e encarece os bens essenciais.

A luta contra a inflação, que não deve seguir os ditames dos rentistas que tomam com a mão o que chutam com os pés, é essencial para garantir mais positividade ao quadro; segurar tarifas públicas faz parte desta luta.

Os serviços públicos, privados ou estatais, federais, estaduais ou municipais são, na atualidade, o grande contexto em que se confirma a insatisfação ou a satisfação da população. Em alguns casos há acertos evidentes, como no veto presidencial à anistia de multas nos planos de saúde (aprovada pelo Congresso depois de manobra espúria do relator do projeto), mas muito ainda tem que ser feito pelas empresas, pelas prefeituras, pelos governos estaduais e pelo governo federal.

O somatório ponderado desses quatro fatores nos dá, a cada instante, uma radiografia muito precisa do que importa na vida do povo, de suas preocupações e aspirações.



João Guilherme Vargas Netto, consultor sindical










Lido 1581 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Oportunidades Plataforma 29 04 1

VAGAS DE ESTÁGIO DE ENGENHARIA

agenda