GRCS

15/05/2012

Engenheiro do ITA é nomeado novo diretor do INPE

O pesquisador Leonel Fernando Perondi é o novo diretor do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), de São José dos Campos. Sua nomeação deve ser publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

A escolha acontece nove meses após o pedido de demissão do então diretor Gilberto Câmara, que decidiu se afastar do instituto alegando estar ‘frustrado’ com a falta de contratação de servidores e contrariado com uma proposta de fusão entre Inpe e AEB (Agência Espacial Brasileira).

Perondi, 54 anos, era o primeiro da lista tríplice elaborada por um comitê de buscas a fim de indicar o substituto de Câmara ao então ministro do MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) Aloizio Mercadante. O novo ministro, Marco Antonio Raupp, decidiu manter a escolha do comitê.

Graduado em engenharia mecânica aeronáutica pelo ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) em 1980, Perondi foi coordenador do setor de engenharia e tecnologia espacial do Inpe, gerente do programa sino-brasileiro Cbers e a diretor-interino do Inpe em 2005.

Desafeto. Por ter uma linha mais voltada para a defesa do fortalecimento do instituto em detrimento da atração de iniciativa privada, a relação de Perondi com Raupp e o novo presidente da AEB, José Raimundo Coelho, não é das melhores.

O novo diretor do Inpe assume o instituto em um ano considerado crucial para o futuro do programa espacial brasileiro. Estão previstos para este ano o lançamento do satélite CBERS-3 e do VLS-1 (Veículo Lançador de Satélite), que levará um satélite do Inpe.

Outro desafio de Perondi será lutar pelo reforço no quadro de pesquisadores do instituto, uma das principais críticas da comunidade científica.

O INPE pretende lançar oito satélites até 2020. Atualmente, o instituto possui cerca de 1.000 servidores e precisaria de pelo menos mais 800.

INPE
Criação: surgiu em 1961 a partir da criação do Grupo de Organização da Comissão Nacional de Atividades Espaciais, criado em 3de agosto pelo governo federal, embrião da pesquisa espacial no Brasil

 

Imprensa – SEESP
* Informação da DefesaNet


Lido 1445 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda