logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

16/12/2021

Barão de Itararé libera seminário que decifra o 'economês' e denuncia mazelas do neoliberalismo

Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé

 

Pacote com oito vídeos tem o objetivo de fornecer subsídios para que a mídia independente e os movimentos sociais possam travar o debate econômico, tema que segue sequestrado pelos representantes do rentismo.

 

Orçamento, teto de gastos, dívida pública, reforma tributária, mercado financeiro, desmonte da Petrobras, bolsa-família e alternativas à catastrófica política econômica de Paulo Guedes são temas tratados no seminário “Decifrando o economês e desmontando o mito da austeridade fiscal”, promovido pelo Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, em junho último e agora aberto ao público.

 

Os assuntos, abordados em oito aulas online por especialistas de altíssimo nível, permanecem na pauta nacional e serão objeto central da disputa acirrada que se anuncia para 2022, quando as forças progressistas tentarão emplacar um projeto que tenha a maioria da população e o desenvolvimento nacional como prioridades.

 

“O seminário contou com palestrantes excelentes e produziu um conteúdo riquíssimo e de grande valia para entendermos o que está de fato em disputa no País. Avaliamos, portanto, que a sua ampla divulgação pode ser uma contribuição relevante para qualificar o debate sobre os rumos do País”, afirma Rita Casaro, integrante da Coordenação do Barão e uma das organizadoras da iniciativa.

 

“Assistir à aula de Tereza Campello sobre os programas de transferência de renda deixa muito claro como o bolsa-família, agora extinto, foi um avanço civilizatório, anos-luz distante da ideia de assistencialismo populista. Revogar o teto de gastos, uma urgência para que o País possa fazer frente às demandas sociais e investimentos, é mais uma questão que fica cristalina com a explanação de Esther Dweck. A exemplo desses temas, o conjunto todo é valioso e vale muito a pena”, completa a jornalista.

 

Altamiro Borges, também do Barão e grande incentivador do debate sobre o “economês” ressalta a importância de fazer o conteúdo chegar ao maior público possível. “As questões tratadas nesse material dizem respeito exatamente a um ponto estratégico em pauta hoje, que é colocar o povo no orçamento do País. Portanto, está aberto agora a quem tiver interesse. E eu recomendo muito, pela importância dos temas e pela qualidade das exposições e discussões com os participantes.”

 

O material já tem livre acesso no #CanaldoBarão no Youtube. Salve, assista e ajude a compartilhar a playlist do seminário:

 

 

 

Confira o conteúdo:

Palestra 1

Quem fica com o dinheiro? – Entendendo o orçamento da União

Leda Paulani – Professora da Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (Fea/USP)

 

Palestra 2

Dívida pública – Por que as finanças públicas diferem das pessoais e, na crise, o Estado deve gastar para gerar emprego e crescimento

Pedro Rossi – Professor do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pesquisador do Centro de Estudos de Conjuntura e Política Econômica (Cecon)

 

Palestra 3

O teto que engessou o Brasil – Impactos da Emenda Constitucional 95

Esther Dweck – Professora do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

 

Palestra 4

Robin Hood às avessas – Como o sistema tributário tira dos pobres para dar aos ricos

Eduardo Fagnani – Professor do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pesquisador do Centro de Estudos Sindicais e do Trabalho (Cesit)

 

Palestra 5

Como funciona o tal mercado – Rentismo e o sobe e desce da bolsa

Eduardo Moreira – Engenheiro e economista, especialista em mercado financeiro, sócio- fundador do Instituto Conhecimento Liberta

 

Palestra 6

Ação estratégica pela cidadania – O papel dos programas de transferência de renda

Tereza Campello – Ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome no governo Dilma Rousseff

 

Palestra 7

O fator Petrobras – Desmonte, política de preços e importância da empresa para o desenvolvimento nacional

William Nozaki – Coordenador técnico do Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Zé Eduardo Dutra (Ineep) e professor de Ciência Política e Economia na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FespSP).

 

Palestra 8

Qual a alternativa viável? – Um modelo econômico sustentável e inclusivo para o Brasil

Luiz Gonzaga Belluzzo – Professor do Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), foi secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda (1985-1987)

 

 

 

 

 

 

 

 

Lido 150 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda