GRCS

16/07/2021

Prefeitura de São Paulo anuncia nomeação de 36 concursados da área tecnológica

 

Comunicação SEESP

 

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, autorizou nesta quinta-feira (15/7) a nomeação de 36 candidatos aprovados no concurso público para provimento do cargo de profissionais de engenharia, arquitetura, agronomia e geologia (Peaag) em várias secretarias municipais. Uma sinalização da compreensão do prefeito quanto à necessidade de convocar tais concursados para a melhoria da qualidade de vida na Capital, o que tem sido reivindicação do SEESP. No total, 563 aguardam ser chamados, sendo 256 engenheiros de diversas modalidades.

 

Nunes autoriza nomeação de 36 concursados para cargos da área tecnológica, entre os quais engenheiros.

 

O presidente do SEESP, Murilo Pinheiro, e os diretores da entidade junto à Prefeitura de São Paulo foram recebidos por Nunes em seu gabinete no dia 17 de fevereiro último para tratar do tema. No ensejo, passaram às suas mãos uma série de documentos que demonstram a importância da nomeação, haja vista a falta dessa mão de obra para dar conta da megalópole e seus 12 milhões de habitantes. São 582 engenheiros efetivos atualmente, entre os quais 129 agrônomos. Grande contingente está em vias de se aposentar. A Capital, na avaliação do SEESP, necessitaria de pelo menos o dobro.

 

“Precisamos passar o conhecimento aos novos profissionais antes disso. É necessário renovar e completar o quadro para que não haja prejuízo à cidade e à administração”, enfatizou na ocasião o engenheiro civil e diretor adjunto do SEESP, Carlos Eduardo de Lacerda e Silva, da Subprefeitura da Mooca.

 

Da esq. para a dir., Deodoro Vaz, diretor do SEESP, Ricardo Nunes, Murilo Pinheiro, Lacerda e Silva e Carlos Hannickel, assessor do sindicato. Foto: Divulgação

 

A nomeação de 36 candidatos é uma vitória parcial nessa luta, que revela a disposição do prefeito em solucionar essa demanda. Tanto que abriu canal direto com o sindicato para tratar desse assunto, através do secretário adjunto da Siurb, Marcos Augusto Alves Garcia, que também é diretor do SEESP e participou do encontro em fevereiro último.

 

Os profissionais incluídos nessa lista começarão a ser notificados na sequência ao despacho favorável de Nunes.

 

 

 

Lido 426 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda