GRCS

15/01/2021

Ventiladores Inspire da Poli serão enviados a Manaus

Deborah Moreira
Comunicação SEESP


inspire poliO Governo de São Paulo enviará respiradores Inspire, produzidos por pesquisadores da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), para Manaus (AM), que vive um estado de calamidade pública devido à pandemia do novo coronavírus. Ontem (14/1), depoimentos de profissionais da saúde e cenas de hospitais e pronto-socorros lotados com pacientes em estado grave, devido ao novo coronavírus, chocaram a todos. Além da lotação nos hospitais, faltou oxigênio e muitos pacientes tiveram que ser transferidos ou socorridos por familiares.

O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa de sexta-feira (15/1) pelo governador de São Paulo João Doria, que lembrou que o equipamento foi desenvolvido a partir da cooperação de dezenas de cientistas brasileiros que trabalharam em parceria com outras faculdades da USP, além de outras universidades públicas como . Foram cerca de 250 pesquisadores que atuaram no desenvolvimento do Inspire, que é de baixo custo (cerca de R$ 2 mil), rápida produção, portátil e tem autonomia de duas horas em caso de fala de energia elétrica.

“Solicitei à Universidade de São Paulo que fossem encaminhados imediatamente para o Amazonas 40 respiradores produzidos pela USP, demonstrando a capacidade tecnológica dessa grande universidade para o atendimento emergencial para os que estão sofrendo com a Covid-19 naquele estado”, declarou João Doria, acrescentando que uma companhia aérea privada fará o transporte e entrega dos equipamentos à Secretaria de Saúde local.

No entanto, o total de equipamentos enviados será de 42. Segundo Marcelo Zuffo, professor titular da Poli-USP, que esteve à frente da força-tarefa criada para desenvolver o equipamento, já foram enviados 2 unidades no domingo (10/1), 26 na sexta (15),e outras 14 nesta segunda (18), além de acessórios como baterias, tubos e filtros. Eles foram transportados para o Aeroporto Internacional de Guarulhos, de onde seguiram para o Amazonas em um voo da Latam Cargo Brasil, por meio do programa Avião Solidário.

Zuffo, que participou da coletiva, explicou: “Há dez dias estamos em forte interação com cinco hospitais em Manaus: Santa Julia, Santa Alberto, Delfina,  Adventista e Beneficência. Foi constituída uma comunidade para receber esses ventiladores e hoje começamos a embarcar os primeiros lotes. Até terça-feira da semana que vem todos ventiladores deverão estar em pleno uso na região de Manaus”.

O professor da Poli-USP, que também integra o Conselho Tecnológico do SEESP, lembrou que a situação em Manaus configura “colapso e uso de ventiladores emergenciais”. “O ventilador Inspire tem justamente essa certificação da Anvisa: de equipamento de suporte ventilatório para uso emergencial”, destacou.  

A secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, agradeceu o apoio do Governo do Estado de São Paulo à ciência e à  tecnologia, lembrando que foi garantido a iniciativa desde o início, quando ainda estava em fase de teste. . “Ele foi desenvolvido em 103 dias, com pesquisadores não só da USP, mas de outras universidades. O resultado só nos mostra que investir na ciência é o único caminho para o desenvolvimento econômico sustentado de longo prazo”, afirmou.

Ela acrescentou ainda, dirigindo-se a Zuffo, que sente orgulho de dizer que “o respirador já foi testado e certificado para uso emergencial" e, para utilização definitiva, aguarda somente as certificações, mas que já está em uso não só em são Paulo, como também em Pernambuco , Mato Grosso, Rio de Janeiro e em breve no Amazonas”.


(matéria atualizada às 12h30 em 18/1)


Lido 156 vezes

Comentários   

# Solidariedade!Rosangela 15-01-2021 17:20
Importante lermos essa notícia para restituirmos um pouco da fé na humanidade. Precisamos salvar vidas! Precisamos respeitar as pessoas! Que a sociedade brasileira perceba quem está a favor dela!

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

agenda