logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

SINDICAL - Assinados acordos e aprovadas propostas

Avalie este item
(0 votos)

     O mês de julho marcou o encerramento de campanhas salariais em diversas empresas com data-base em 1º de maio e 1º de junho, com a aprovação de propostas pela categoria e assinaturas de acordos e convenções coletivas de trabalho entre o SEESP e o patronato. Todos garantiram aos engenheiros reajuste igual ou superior à inflação. Abaixo, o que contempla cada um desses:

Duke Energy
     O Acordo Coletivo de Trabalho com a empresa foi firmado em 16 de julho. Trata-se de aditivo ao acordo trianual assinado em 2005 e refere-se à reposição de perdas econômicas. Contempla 5% de reajuste salarial extensivo à gratificação de férias, auxílio-creche/babá, piso de R$ 3.800,00, 10% de reajuste para os vales-refeição e alimentação, cesta básica e lanche matinal, bem como para as faixas de co-participação do empregado nesses itens.

CET
     Assembléia Geral Extraordinária da categoria realizada no SEESP no dia 20 de julho aprovou a proposta de acordo desenvolvida nas mesas de negociação entre os sindicatos e a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). Esse inclui reajuste salarial de 4,1% retroativo à data-base (1° de maio), correção de 3,19% do vale-refeição, vale-alimentação de R$ 156,00/mês, manutenção do anuênio em R$ 11,00, destinação de até R$ 2.000,00 por pessoa a título de PPR (Programa de Participação nos Resultados), sendo parcela de 50% antecipada em fevereiro próximo e o restante pago em setembro do ano que vem, mediante a apuração dos resultados obtidos no período de janeiro a agosto de 2008. A PPR será elaborada por comissão formada por representantes dos empregados e da companhia. Além disso, o acordo estende formalmente à categoria as demais cláusulas vigentes no acordo anterior, relativo a 2006/2008 – firmado apenas com o majoritário, o Sindviários (Sindicato dos Trabalhadores no Sistema de Operação, Sinalização, Fiscalização, Manutenção e Planejamento Viário e Urbano do Estado de São Paulo), uma vez que a CET até então não havia retomado a negociação com o SEESP, o que ocorreu neste ano.

Cetesb
     Em 26 de julho foi a vez de o sindicato assinar acordo com a Cetesb (Companhia Estadual de Tecnologia de Saneamento Ambiental), cuja data-base da categoria é 1° de maio. Vale salientar, entre outros itens, 3,37% de reajuste salarial, piso conforme a Lei 4.950-A66, além de hora extra com acréscimo de 50% para as duas primeiras horas e de 100% para as adicionais.

AES Tietê
     Conforme previsto no Acordo Coletivo de Trabalho 2006/2008, no dia 2 de julho o SEESP assinou com a AES Tietê (data-base em 1º de junho) acordo que define os valores e regras ao pagamento da PLR 2007. Esse será feito em duas parcelas, sendo que uma, de R$ 2.011,00 a título de adiantamento, estava prevista para 30 de julho e o restante deverá ser pago em 29 de maio de 2008 (valor condicionado ao atingimento de metas). Além disso, dependendo do resultado operacional alcançado pela empresa, será distribuída PLR adicional de, no mínimo, 10% da folha de dezembro aos funcionários que atingirem os níveis definidos no acordo.

Sinaenco
     O SEESP depositou na Delegacia Regional do Trabalho – 2ª Região, em 11 de julho, a Convenção Coletiva de Trabalho firmada com o Sinaenco (Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva). Entre os pontos incluídos, destacam-se 4,5% de reajuste salarial na data-base (1° de maio), auxílio-alimentação de R$ 11,00/dia nas empresas da Grande São Paulo e de R$ 10,00/dia nas de fora da região e reembolso-creche de até R$ 145,00 para filhos menores de sete anos, extensivo aos empregados do sexo masculino que comprovadamente detenham a guarda da criança. Para garantir o piso profissional, o SEESP ingressou com dissídio econômico na Justiça do Trabalho.

CDHU
     Os engenheiros da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) aprovaram no dia 20 de julho, em Assembléia Geral Extraordinária ocorrida no SEESP, a proposta da empresa para assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho 2007/2008. Tal engloba reajuste salarial de 3,37% na data-base (1° de maio), correspondente à variação do IPC-Fipe, garantia do piso previsto em lei, 30 créditos/mês de R$ 14,02 a título de auxílio-refeição, cesta básica ou vale-alimentação no valor equivalente a R$ 105,00/mês e auxílio-creche de R$ 251,00/mês para filhos menores de sete anos.

Pauta de reivindicações
     Com data-base em 1º de setembro, os profissionais que atuam na Telesp e Telefônica aprovaram, em 17 de julho, sua pauta de reivindicações para a campanha salarial 2007 — entregue às companhias no dia 26. Entre os seus principais pontos encontram-se reajuste salarial na data-base correspondente à variação integral do maior entre os índices que medem a inflação (ICV-Dieese, IPC-Fipe e INPC-IBGE), aumento real de 10%, extensão desse percentual e do reajuste às demais parcelas que compõem a remuneração e piso de R$ 4.410,00.


 

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda