logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 69

Engenheiro XXI – Empreender e inovar

Avalie este item
(3 votos)

Rafael Turella é engenheiro ambiental formado pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Sorocaba em 2013 e mestre em Sistemas Sustentáveis pelo Rochester Institute of Technology (RIT) em 2016. Aos 29 anos, é cofundador da CUBi Energia, startup brasileira que atua no segmento de monitoramento energético. Nesta entrevista, ele fala do empreendimento e dos desafios atuais da profissão. 

Como surgiu a CUBi Energia?

Meus sócios, Ricardo Dias, Bruno Scarpin e Tiago Justino, assim como eu, eram todos bolsistas do “Ciência sem Fronteiras” nos Estados Unidos. Ricardo e eu tivemos a oportunidade de liderar uma auditoria energética de um edifício LEED Platinum (certificação internacional que classifica a sustentabilidade de uma construção). Notamos bem rápido que a análise de dados era fundamental para identificar desperdícios e indicar pontos de otimização. Com isso em mãos, identificamos as ações de eficiência que trariam maior retorno com menor investimento. O resultado foi uma redução no consumo em cerca de 10%, ou U$ 1 milhão por ano em energia. Descobrir que mesmo o mais eficiente dos empreendimentos pode ser melhorado abriu nossos olhos para esse mercado. Ao voltar para o Brasil, em 2016, investimos muito tempo e esforço em entender o problema de gestão energética por aqui. 


Foto: Divulgação
"O engenheiro é ótimo em criar e melhorar produtos", diz Rafael Turella.
Para tanto, o profissional precisa estar atento a outras áreas do saber.

Como você vê a engenharia no século XXI?

A formação de engenheiros é estratégica para qualquer país, e o número de profissionais vem aumentando no Brasil. Ainda assim estamos longe de ter a mesma proporção de outros países mais avançados em tecnologia. Temos sempre que ficar atentos também à qualidade. Além de conhecimento técnico, o engenheiro é um profissional cada vez mais multidisciplinar, treinado para saber buscar e adquirir conhecimento, o que faz dele um bom “coringa” no mercado. 

O que o empreendedorismo tem a ver com o exercício da profissão?

Boa parte das pessoas já associa empreendedorismo a modelos de negócio ou tecnologias inovadoras. Em ambos os casos, existe uma camada de conhecimentos e habilidades que não são tão naturais para muitos engenheiros, como administração, finanças, vendas, marketing, recursos humanos, contabilidade etc.. Como bom solucionador de problemas, o engenheiro é ótimo em criar e melhorar produtos, mas tem de se atentar a todas essas áreas antes de pensar em empreender. As universidades têm um papel muito importante nesse tema. Não só a atualização dos conteúdos tradicionais, mas também o oferecimento de palestras e workshops com pessoas de mercado têm de ser uma prática comum.

 

De olho no mercado

Estágios e trainees

O SEESP divulga regularmente neste site vagas de estágios e trainees. Confira alguns processos seletivos abertos:

* Saint-Gobain – inscrições até 10 de setembro para o 26º Programa de Trainees em www.saint-gobain.com.br.

* Grupo Energisa – inscrições até 14 de setembro para o Programa de Trainee 2018 em https://goo.gl/WDkoSV.

* Ambev – inscrições até 22 de setembro para o Programa de Estágio 2018 em www.queroserambev.com.br.

* Mercedes-Benz – inscrições até 3 de dezembro para o Programa de Estágio 2018 em www.mercedes-benz.com.br/institucional/carreira/estagio.
 

QualificAção

Isitec: preparando o profissional para o mercado

O diretor de Extensão e Pós-graduação do Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec), Antonio Octaviano, selecionou alguns cursos para os profissionais que querem se manter atualizados e competitivos:

• Pós em Gestão de Energia no Rio de Janeiro. A gestão eficiente de energia é fator essencial à competitividade e tem grande impacto na redução de custos e na proteção ambiental. Saiba mais.

• Pós em BIM Master Modelador. O Modelador BIM (na sigla em inglês Building Information Model) é todo agente da construção civil que participa do desenvolvimento de soluções de arquitetura e engenharia. Confira mais informações.

• Inspeção veicular (curta duração). O curso visa apresentar as inovações sobre as diversas formas de manutenção veicular, novas tecnologias, análise de falhas, importância das inspeções técnicas e implantação de planos. Saiba como participar.

Confira todas as opções oferecidas pelo Isitec, cuja entidade mantenedora é o SEESP, no site www.isitec.edu.br.

 

Em tempo – O Núcleo Jovem Engenheiro do SEESP realiza sua reunião mensal em 16 de setembro, das 9h às 12h, na sede do sindicato, na capital paulista (Rua Genebra, 25, Bela Vista), com a palestra “Modais do transporte e sua importância para as cidades”, proferida pelo engenheiro Emiliano Affonso Neto. Para participar, ligue (11) 3113-2162.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda