logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

03/02/2023

Encontro gastronômico e musical na Praça Vladimir Herzog conta com participação do SEESP

 

Comunicação SEESP

 

A Praça Memorial Vladimir Herzog (Rua Santo Antônio, 32, Bela Vista, atrás da Câmara Municipal de São Paulo) sediou na tarde do último domingo (29/1), a partir das 12h, encontro gastronômico e cultural intitulado “Todo mundo tem que falar (e comer!). O espaço, que tem o apoio institucional do SEESP, teve a participação do diretor da entidade, Nestor Tupinambá, como seu representante. Estiveram presentes ainda jornalistas como Rodolfo Lucena e Eleonora de Lucena (Tutameia), o vereador Eliseu Gabriel (PSB), a secretária municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo, Soninha Francine, entre outras personalidades.

 

Nestor Tupinambá, representante do SEESP (na ponta, à direita), com os jornalistas Sérgio Gomes, da Associação Amigos da Praça Vladimir Herzog  e um de seus idealizadores, e Jorge Araújo, que detém vários prêmios Esso e é presidente de Honra da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos de São Paulo (primeiro e segundo à esquerda), e convidada. Foto: Selfie Nestor Tupinambá

 

Iniciativa do Centro Cultural Elifas Andreato, a atividade marcou as celebrações pelos 469 anos da cidade, comemorados no dia 25 de janeiro. O evento, que acontece sempre nos últimos domingos do mês, contou desta vez com atrações musicais de choro e sambas de artistas como Armando Neves e Adoniran Barbosa.

 

Atividade musical durante encontro. Foto: Reprodução 

No ensejo, foi oferecida como refeição costela com legumes e molho, acompanhada de arroz branco e mandioca. A contribuição – como de praxe – era voluntária, ao encontro do lema “quem pode paga, quem não pode pega”. O agitador cultural e corretor de imóveis Fernando Gamberini coordenou o restaurante Ci Penso Io ? Xacomigo!, ao lado do Zé das Frutas.

 

Além do SEESP, o encontro gastronômico tem o apoio de outras entidades, como o Instituto Vladimir Herzog, a Oboré e o Centro Acadêmico Benevides Paixão, dos alunos de jornalismo da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

 

 Paulistanos lotam praça no encontro gastronômico e cultural. Foto: Reprodução

 

“Lugar lotado e muito animado”, saudou Tupinambá. Ele observou que sua ampliação alcançando a rua está nos planos de arquitetos que “apoiam e entendem a importância da praça” – rebatizada por iniciativa do então vereador Ítalo Cardoso em homenagem ao jornalista assassinado pela ditadura militar em 1975.

 

Praça Vladimir Herzog, entre a Câmara Municipal, na Rua Santo Antônio, e o Terminal Bandeira. Foto: Beatriz Arruda

 

“Isso aumentará o espaço de fato e virtual do logradouro. Com a colocação de mobiliário urbano adequado e um tratamento paisagístico será um ponto de encontro ainda mais agradável, de jornalistas principalmente, mas também de todas as pessoas que gostam do Centro”, destacou o representante do SEESP.

 

Banca e Livraria dos Jornalistas "Vladimir Herzog", lançada durante o evento. Foto: Sérgio Gomes 

Tupinambá recomenda ainda que, na ida à praça, os paulistanos aproveitem para conhecer a “Banca e Livraria dos Jornalistas 'Vladimir Herzog'”, lançada durante o evento, em que é possível encontrar “livros e revistas, novos e usados, raros e importantes, de filosofia, ciência e economia política, história etc.”. E convida: “Vale a visita!”

 

Clique aqui para ler reportagem no JE 549 e conhecer mais sobre a Praça Vladimir Herzog

 

 

Lido 193 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda