BannerAssocie se

×

Atenção

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 69

25/11/2015

Impasse atrasa entrega de monotrilho que ligará São Bernardo e SP

O governo estadual mudou mais uma vez o prazo para entrega da linha 18-Bronze, que vai ligar São Bernardo a São Paulo, passando por São Caetano e Santo André. Por causa de um impasse entre União e Estado, as obras ainda não começaram e a previsão agora é que o trecho entre em funcionamento somente em 2020. O prazo anterior era 2018.

 

O novo prazo foi revelado em audiência pública realizada nesta segunda-feira (23) na Assembleia Legislativa, marcada justamente para discutir os motivos de atraso da obra. O impasse diz respeito às desapropriações, que não tiveram início por causa de falta de verba. Os custos passam de R$ 400 milhões.

 

O pagamento das desapropriações é responsabilidade do governo estadual, que alega não ter recursos próprios e por isso pretende obter financiamento em bancos internacionais. O problema é que a Cofiex (Comissão de Financiamento Externo), ligada ao Ministério da Fazenda, até agora não autorizou a transação.

 

“A gente espera que nesse final de ano ou início do ano isso possa ser aprovado. Vamos tomar dinheiro lá fora, que não vai onerar a União. Acreditamos que é possível a gente obter aval para esse financiamento para aí sim fazer as desapropriações”, explica o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni.

 

Estados e municípios precisam obrigatoriamente contar com aval do Tesouro Nacional para captar empréstimos no exterior. Na última reunião do Cofiex, realizada em agosto, foi suspenso aval a todos os projetos que estavam na fila para avaliação – além de São Paulo, mais cinco Estados e nove municípios foram prejudicados.

 

 

 

Fonte: RD Repórter Diário








Lido 1378 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda