Logos

GRCS

23/10/2019

Bauru abre série de eventos sobre Engenharia de Manutenção

 

 

Rita Casaro – Comunicação SEESP*

 

Aconteceu nesta terça-feira (22/10), na sede da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Bauru (Assenag), o seminário “Cresce Brasil – Engenharia de Manutenção”. A atividade abre a série de eventos programados sobre o tema em várias cidades paulistas e do Brasil, entre elas Campinas, Ribeirão Preto e Manaus, e dá sequência ao debate proposto pelo SEESP e pela Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) sobre a necessidade de dotar a administração pública de estrutura que garanta inspeção e conservação de obras e estruturas.

 

O presidente do SEESP, Murilo Pinheiro, fala sobre a importância da Engenharia de Manutenção, na abertura do evento em Bauru. Foto: Paula Bortolini


Na abertura da atividade, o presidente do SEESP, Murilo Pinheiro, ressaltou a relevância do tema, lembrando os diversos acidentes e tragédias envolvendo barragens, pontes, viadutos e, mais recentemente, o desabamento de um prédio residencial em Fortaleza. Conforme ele, a importância da questão para a segurança pública foi o que motivou a elaboração da publicação “Cresce Brasil – Engenharia de Manutenção”, entregue pelo dirigente às autoridades locais.


Murilo destacou ainda que a proposta de se criar uma Secretaria de Engenharia de Manutenção leva em conta a necessidade de haver diagnósticos precisos, acervo documental,  e inspeção periódica, buscando-se a segurança da sociedade e o uso adequado dos recursos públicos.


O presidente Nacional da Mútua, Paulo Guimarães, corroborou a preocupação e a proposta, defendendo a “Engenharia Unida” para “garantia da sociedade e melhorias das condições de vida”.


O prefeito de Bauru, Clodoaldo Gazzetta, saudou a realização do seminário pela sua importância à população e por trazer a oportunidades de buscar soluções necessárias. Para o mandatário, apesar da escassez de recursos, é preciso contemplar a manutenção da cidade. Segundo ele, a Administração Municipal passa atualmente por processo de reestruturação organizacional na qual a área deverá ser contemplada.


Na avaliação do presidente da Câmara Municipal de Bauru, vereador José Roberto Segalla, a sugestão da criação da Secretaria de Engenharia de Manutenção é “muito bem-vinda” e terá atenção dos poderes Legislativo e Executivo da cidade.  Na opinião do parlamentar, a conservação preventiva permanente é a saída para evitar problemas técnicos nas obras de engenharia.


Também participaram da sessão inicial do seminário o presidente da Delegacia Sindical do SEESP em Bauru, Luiz Roberto Pagani, e a Secretária de Planejamento do Município, Letícia Kirchner.

 

*Com informações de Paula Bortolini

Lido 516 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda