Logos

GRCS

29/10/2012

“A engenharia e a cidade” e as eleições de 2012

Avalie este item
(1 Votar)

O SEESP foi bem-sucedido no propósito de ajudar o processo eleitoral, encerrado no dia 28 último, discutindo as necessidades da sociedade e as propostas mais importantes e viáveis para as cidades paulistas. Como sempre faz desde o ano de 2000, o sindicato realizou o ciclo “A engenharia e a cidade”, entre os meses de julho e outubro, sendo palco, na sua sede na Capital e em suas delegacias sindicais, de 28 debates com candidatos às prefeituras.

* Veja aqui o calendário e os vídeos dos debates

Como observa o presidente Murilo Celso de Campos Pinheiro, o intuito da atividade foi debater com os diversos candidatos suas propostas para as administrações e oferecer a eles as sugestões da categoria para temas como transporte e mobilidade urbana, iluminação pública, resíduos sólidos e drenagem urbana, desenvolvimento econômico, comunicação e energia.

Na Capital, aceitaram o convite do sindicato nove dos 12 concorrentes no primeiro turno: Soninha Francine (PPS), Miguel Manso (PPL), Fernando Haddad (PT), Celso Russomanno (PRB), Ana Luiza (PSTU), Gabriel Chalita (PMDB), Levy Fidelix (PRTB), Paulo Pereira da Silva (PDT) e Carlos Giannazi (PSOL). Todos tiveram as mesmas condições de expor suas ideias e interagir com a plateia, respondendo a perguntas. Abertos ao público, os eventos foram ainda transmitidos pela internet, ampliando a participação, e ficaram disponíveis no site do SEESP para quem desejasse conferi-los posteriormente. E no segundo turno, novo debate com Fernando Haddad (PT), que sagrou-se o prefeito eleito da maior cidade do País, e com representantes de José Serra (PSDB).

Sem se restringir à Capital, a iniciativa reproduziu-se também em outras cidades. Campinas recebeu Pedro Serafim (PDT), Marcio Pochmann (PT), Jonas Donizetti (PSB) e Rogério Menezes (PV), além do vice na chapa do PSTU, Marcos Margarido.  Em Santos, participaram José Antonio Marques Almeida, o Jama (PRTB), Prof. Fabião (PSB), Paulo Alexandre Barbosa (PSDB), Nelson Rodrigues (PSL), Telma de Souza (PT), Luiz Xavier (PSTU), Sérgio Aquino (PMDB), Beto Mansur (PP) e Eneida Koury (PSOL). Na cidade de Bauru, compareceram Chiara Ranieri (DEM), Rodrigo Agostinho (PMDB) e Clodoaldo Gazzetta (PV). Em Marília, em parceria com a Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos da Alta Paulista, houve o debate com Antonio Augusto Ambrósio (PMDB).

Ao longo de três meses, o SEESP pôde dar sua contribuição para aprimorar o processo eleitoral e propiciar que o cidadão, engenheiro ou não, pudesse fazer a sua opção nas urnas de forma mais consciente. É fato que a democracia e a participação popular não se resumem ao voto, mas esse representa momento crucial, quando cada um tem exatamente a mesma importância na definição dos rumos do País.

 

Imprensa - SEESP



Lido 1965 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda

art creasp