Logos

GRCS

10/10/2012

Frentista, olha o benzeno na pista!

Ações de vigilância à saúde de trabalhadores expostos ao benzeno implicam recomendações e informações para frentistas em postos de combustíveis, como as que propõem, conjuntamente, a Fundacentro (Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho, órgão ligado ao Ministério do Trabalho), o sindicato dos frentistas e o Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador), todos de Campinas.

 

Com o tema “Olha o benzeno na pista”, traduzido num simples, mas eficiente cartão de visitas, distribuído na região, são feitas as seguintes recomendações para o trabalhador dos postos de gasolina:

- Utilize somente o sistema automático de abastecimento;

- Não cheirar a tampa do tanque de combustível do carro;

- Não aproximar o rosto no tanque do carro durante o abastecimento;

- Não encher o tanque “até a boca”;

- Não usar “paninho”;

- Não se alimentar na pista do posto; e

- Usar EPIs (equipamentos de proteção individual) na medição de tanque e na coleta de amostras.

A Delegacia Sindical de Campinas, do SEESP, integra o GTB (Grupo de Trabalho do Benzeno), coordenado pelo Erca (Escritório de Representação da Fundacentro em Campinas).

Veja vídeo educativo elaborado especificamente para o trabalhador frentista:

{youtube}SWrsyJL7zZQ{/youtube}

* por Eng. Paulo Roberto Lavorini, diretor adjunto da Delegacia Sindical de Campinas-SEESP

Lido 4997 vezes

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

VAGAS DE ESTÁGIO

agenda