logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

EDITORIAL - Agenda positiva

Avalie este item
(0 votos)

       O trabalho sério que vem sendo desenvolvido por toda a diretoria do SEESP, apoiada pela categoria em todo o Estado, vem rendendo excelentes frutos e se traduzindo em ganhos significativos para os profissionais. Dois exemplos dessa ação estão nesta edição do Jornal do Engenheiro. Em primeiro lugar, o X Seminário das Campanhas Salariais, que mais uma vez foi um grande sucesso e nos permite dar início às negociações de forma exemplar. O evento, já tradicional no SEESP, reuniu inúmeras empresas e sindicatos patronais com as quais a entidade firma acordos e convenções, marcando a disposição para o diálogo nas campanhas salariais 2010.
       Evidentemente, nem por isso deixará de haver dificuldades e conflitos de interesses ao longo do processo, contraditório por natureza, mas se deixa claro o objetivo de buscar o melhor resultado possível para ambas as partes. Também obviamente, o objetivo à mesa de negociação será garantir os direitos dos engenheiros, assim como novas conquistas que lhes assegurem não apenas salários mais elevados, mas também melhores condições de trabalho. Pelo panorama político e econômico traçado pelos consultores presentes, reivindicar ganhos reais e mais benefícios será mais que justificado, tendo em vista a perspectiva de crescimento e inúmeros projetos previstos para o Estado e o País.
       Outra importante iniciativa também relatada neste JE é o convênio assinado entre o SEESP e o Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola), que garantirá condições vantajosas ao engenheiro autônomo associado ao SEESP para contratar estagiários (leia matéria na página 6). Sintonizada com o aquecimento do mercado de trabalho, a parceria é mais um importante benefício oferecido aos filiados, além de criar mais oportunidades aos estudantes.
        Por fim, mas longe de ser menos relevante, está protocolo de intenções firmado entre a FNE (Federação Nacional dos Engenheiros) e a VDI Brasil (Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha), em 12 de abril último, visando o intercâmbio tecnológico com o objetivo de qualificar os profissionais. Por isso mesmo, a primeira iniciativa prevista nesse trabalho conjunto é a criação de uma IES (Instituição de Ensino Superior) pelo SEESP. Em fase de formatação, sua implantação está prevista para 2011. Contará com ao menos uma graduação e diversas especializações que ajudem a preparar a nossa mão de obra para os desafios que já se apresentam e os futuros. Conforme noticiado em edição passada desta publicação (veja JE 363)a oficialização desse acordo deu-se durante a abertura do “Ano Brasil-Alemanha da Ciência, Tecnologia e Inovação 2010/2011”, na presença do ministro da Ciência e Tecnologia brasileiro, Sergio Rezende, e da ministra da Educação e Pesquisa da Alemanha, Annette Schavan, o que revestiu o ato de ainda maior relevância. Como se vê, os engenheiros têm mostrado a que vieram e estão dispostos a trabalhar.

 

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda