logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Editorial – Uma entidade em defesa dos profissionais e do País

Avalie este item
(0 votos)

Criada em 2006, a Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados (CNTU) acumula nessa curta história de vida uma trajetória ímpar de trabalho. Nascida da necessidade de representação efetiva dessas categorias cujo saber é essencial ao bem-estar da sociedade, a CNTU teve desde sempre uma vocação cidadã que se aliou à ação sindical. Em suas primeiras iniciativas, a entidade colocou em discussão o enfrentamento da crise que se espalhou pelo mundo a partir de 2008 e a qualidade dos serviços públicos no País, sua bandeira prioritária.

Mais recentemente, lançou a campanha “Brasil Inteligente”, que elegeu oito temas de estudos, trabalho e proposições visando a melhoria das condições de vida da população. São eles: Contra o uso abusivo de agrotóxicos; Educação continuada; Internet pública; Mais C, T & I na Amazônia; Mobilidade urbana; Qualidade na saúde pública; Reabilitação bucal; e Uso racional de medicamentos.

Depois, ampliando a sua abrangência de atuação, criou 15 departamentos que abrigam essas áreas e outras nas quais a entidade tem contribuição a dar (confira na página 6). Entre esses está o de Mulheres, que, atuando já desde 2013 como coletivo, vem desenvolvendo importante trabalho voltado à condição feminina. O esforço tem sido a realização de debates e a produção de conteúdo relevante que contribuam para a conquista de uma sociedade igualitária.

A CNTU também se une ao conjunto do movimento sindical na luta pelos trabalhadores e tem atuado nesse sentido. Uma fundamental discussão lançada em 2014 e ainda em pauta é a necessidade de fortalecimento do Ministério do Trabalho e Emprego, pasta que nos últimos anos perdeu relevância no governo e na sociedade. Reverter esse quadro é de suma importância para que a mão de obra brasileira seja valorizada e os direitos preservados e respeitados.

Em 10 de março último, durante a solenidade de posse da atual diretoria, simbolicamente realizada no Memorial JK, foi renovado o compromisso com a luta em defesa dos profissionais representados pela entidade, da democracia e do desenvolvimento nacional. Seguimos juntos na batalha por um país mais justo.

Água e energia – Abrindo as atividades do projeto “Cresce Brasil + Engenharia + Desenvolvimento”, a Federação Nacional dos Engenheiros (FNE) realizou nos dias 12 e 13 de março o seminário “Água e energia – enfrentar a crise e buscar o desenvolvimento”. O evento, que contou com palestrantes de altíssimo nível e participantes de todo o Brasil, permitiu algumas conclusões importantes. Em primeiro lugar, o enfrentamento das dificuldades econômicas pelas quais passa o País não pode se dar por meio de medidas que provoquem a recessão. Pelo contrário, é preciso ampliar o nível de emprego e a renda dos trabalhadores. Depois, nos setores hídrico e elétrico, hoje em franca crise, é necessário urgentemente que haja planejamento e investimento.


Eng. Murilo Celso de Campos Pinheiro
Presidente

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda