GRCS

Engenheiro XXI

Avalie este item
(1 Votar)

O engenheiro civil que as construtoras procuram

As grandes construtoras, segundo Fernando Thompson, gerente da Divisão de Construção Civil da Michael Page – empresa de recrutamento especializado, fundada na Inglaterra, em 1976, e presente em 36 países, entre eles o Brasil –, estão procurando engenheiros civis à fase de pré-obra, aquela voltada para a formulação do projeto e definição do orçamento e do planejamento. “É uma demanda recorrente, que se mantém aquecida desde o ano passado, mas que já foi melhor, como no período de 2009 a 2011”, informa.


Perfil requisitado – Esse mercado, orienta Thompson, primeiramente busca um profissional com bagagem sólida. “Ou seja, que tenha permanecido nas empresas no mínimo durante quatro anos.” Isso porque, explica, o ciclo de uma construção dificilmente termina antes de um ano; se o engenheiro saiu antes, não passou por todas as etapas da execução da obra. “O empregador entende, nesse caso, que o profissional tem uma carreira instável, sem conhecimento consolidado na área.”

Em se tratando de coordenação e gerência, o engenheiro precisa ter capacidade de liderança, o que significa estabelecer uma relação de proximidade e transparência com seus subordinados e criar uma expectativa positiva de planejamento de carreira em termos de crescimento e valorização. Além disso, deve ser quase um amigo, tendo, inclusive, sensibilidade com relação à vida pessoal dos empregados.



Dicas para elaborar um bom currículo

O processo seletivo começa, de fato, na triagem de currículos, cujas finalidades básicas são relatar a evolução da sua carreira e gerar entrevistas. A observação é de Mariles Carvalho, psicóloga organizacional, coach e orientadora do setor de Oportunidades & Desenvolvimento Profissional do SEESP. “É nesse momento que o selecionador busca os melhores, analisando a formatação, conhecimentos acadêmicos, trajetória e carreira”, explica. Todavia, ela destaca que não basta ter uma experiência profissional impecável, é preciso saber apresentá-la de forma clara, objetiva e organizada. Assim, traz algumas dicas sobre como elaborar um currículo.


Formatação
O que deve chamar a atenção é o conteú­do, não a formatação. Portanto, prefira um tipo de letra mais familiar e comum (Times New Roman ou Arial), tamanho 11 ou 12, formato justificado, sem marcadores, itálico, sublinhado, com negrito apenas nos tópicos. Quanto mais clean, melhor.


Tamanho
Mantenha seu currículo com no máximo três páginas. Pense que toda informação constante deve servir a um objetivo, não fazer volume.


Contatos
Mantenha seus dados atualizados. Telefones e e-mails precisam estar no currículo. Sugiro ter um e-mail pessoal e outro profissional, para melhor organização.


Objetivo
Sempre escreva qual é o seu objetivo profissional, após os dados pessoais, descrevendo a área de interesse, pensando em um campo amplo (engenharia civil) ou específico (área de projetos).


Português
Precisa ser impecável, sem erros de concordância, pontuação ou ortografia.


Habilidades comportamentais
Não é necessário incluir suas qualidades. Características pessoais agregam muito mais valor quando são demonstradas na entrevista.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a área de Oportunidades do sindicato, para análise de currículo e orientação sobre o tema, pessoalmente ou por e-mail. Contatos: Mariles Carvalho – (11) 3113-2666, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Caique Cardoso – (11) 3113-2669, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; e Natália Carolina – (11) 3113-2674, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..



Qualificação

SEESP oferece cursos em gestão de projetos

O Programa Engenheiro Empreendedor do SEESP está com inscrições abertas para o curso “Gestão de projetos”, destinado a estudantes de engenharia e profissionais dessa área, de arquitetura e de tecnologia recém-formados ou em fase de reciclagem de conhecimentos. Abordará, entre outros temas: análise, planejamento, tipos e modalidades de contratação de projetos; dimensionamento de equipes; gestão da qualidade; Normas ISO 9000; gerenciamento do tempo, do custo e da qualidade. Será realizado de 25 a 27 de fevereiro, das 18h30 às 22h30. Até o dia 19 próximo, o preço para sócio do sindicato é de R$ 343,00; não filiados pagam R$ 420,00; depois dessa data, os valores são, respectivamente, R$ 385,00 e R$ 470,00. Mais informações aqui ou pelo telefone (11) 3113-2641.


Empresas preparadas crescem mesmo no caos – Esse é o tema de outro curso oferecido pelo Programa Engenheiro Empreendedor, também com inscrições abertas. O programa abordará, entre outros itens: descrição das funções do líder, obtenção de resultados com redução de custos, como fazer os colaboradores atingirem metas e combinar autoridade, poder e influência para implantar mudanças. Será no dia 26 de fevereiro, das 19h às 22h, na sede do SEESP (Rua Genebra, 25, Bela Vista, São Paulo/SP). Até o próximo dia 19, o preço para sócios é de R$ 50,00 e não sócios, R$ 60,00; após essa data, respectivamente, os valores são de R$ 60,00 e R$ 70,00. Mais informações aqui.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Oportunidades Plataforma 29 04 1

VAGAS DE ESTÁGIO DE ENGENHARIA

agenda