logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Engenheiro XXI

Avalie este item
(1 Votar)

Profissionais e empresas também se encontram nas redes sociais

Hoje a principal plataforma de networking são as mídias sociais. A avaliação é da psicóloga Erika Oliveira Morais, que atua em recursos humanos (RH), recrutamento e seleção há 12 anos. “As empresas apostam nisso, e os recrutadores ou headhunters acessam as redes profissionais e sociais para identificar de forma mais ágil os cargos e as empresas nas quais os candidatos trabalharam ou atuam no momento”, revela. Assim, orienta, ter o perfil atualizado no Linkedin, por exemplo, é uma forma simples de ser encontrado. Outra ferramenta que se destaca é o Facebook. Para ela, as redes sociais quebraram paradigmas no processo de contratação, mesmo que ainda sejam utilizados os sites de empregos.

Como aparecer – Morais ensina que no Linkedin, por exemplo, há um espaço para o profissional fazer um minicurrículo e postar informações laborais, como trajetória profissional, tempo de experiência, habilidades técnicas e comportamentais, formação acadêmica, entre outras. “Deixar essas informações sempre atualizadas é a principal chave para as empresas.” Outras dicas são inserir o máximo de informações relevantes, fazer contatos, participar de grupos de discussão e adicionar empresas de interesse. “Assim você se torna ‘visível’ ao mercado.” As mesmas orientações servem para o Facebook e o Twitter.

Já a coordenadora do Departamento de Oportunidades & Desenvolvimento Profissional do SEESP, Mariles Carvalho, atenta para alguns cuidados que devem ser levados em conta na hora de utilizar essas ferramentas digitais, como escrever corretamente e não divulgar informações pessoais ou compartilhar posts de forma indiscriminada.


Qualificação

Isitec e Câmara Brasil Alemanha lançam pós em eficiência energética

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) e a Câmara Brasil Alemanha lançam curso de pós-graduação para profissionais que atuam nos campos da eficiência energética e da conservação de energia. É o European Energy Manager em Gestão de Energia, com certificado reconhecido pela União Europeia. Mais informações pelo telefone (11) 3254-6874, e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou no link http://goo.gl/i10YqV.

O curso começará no dia 6 de março de 2015 e terá o valor de 18 parcelas de R$ 1.250,00, com descontos de 10%, estendidos a entidades parceiras e aos profissionais das empresas filiadas à Câmara Brasil Alemanha, bem como aos associados ao SEESP.


Sobre o curso – O Eurem (em inglês, European Energy Manager) é um treinamento de educação continuada, que propõe melhorar e padronizar as habilidades dos estudantes na área de eficiência energética.


Entre o diploma e a realidade do mercado de trabalho

Américo Abinel Correia Filho, terceiro ano de engenharia mecatrônica na Universidade Paulista (Unip), já está preocupado com o mercado de trabalho que o espera. Por isso, procurou o Departamento de Oportunidades & Desenvolvimento Profissional do SEESP neste ano. “Estava difícil conseguir estágio em minha área”, reclama, dizendo que se sentia perdido. Felipe Antonio Xavier Andrade, engenheiro de segurança do trabalho, também se sentia sem direção na busca de emprego. A falta de “norte” é a sensação que experimentam profissionais e estudantes que buscam entrar ou se recolocar no mercado de trabalho, segundo Mariles Carvalho, coordenadora do departamento do sindicato.

“Os engenheiros que nos procuram reclamam que os processos seletivos estão cada vez mais demorados e complexos”, relata. Em alguns casos, prossegue, eles não sabem como expor suas experiências ao setor de recursos humanos da empresa, ou qual fatia do mercado tem maior demanda de oportunidades. “Todas essas incertezas desmotivam o profissional”, lamenta. “É nesse momento que se deve ter planejamento financeiro, novas estratégias, motivação e foco em seus objetivos”, ensina.

No atendimento do SEESP, informa Carvalho, o engenheiro ou estudante tem orientação personalizada, com apoio para entender melhor as questões relacionadas à carreira, com análise também do currículo e simulação de entrevista. Contate o setor pelo telefone (11) 3105-4302 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..



De olho no mercado

Engenharia naval em alta

O mercado de trabalho da área está aquecido em razão de investimentos no setor de petróleo e gás, com destaque à construção de plataformas de exploração em águas profundas e de navios de transporte e suporte logístico para essas atividades. Os concursos públicos que mais oferecem vagas ao engenheiro naval são da Empresa Gerencial de Projetos Navais (Emgepron) – vinculada ao Ministério da Defesa – e da Marinha. Alguns sites podem ajudar na pesquisa dessas vagas, como: Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (Comara), Marinha do Brasil, Petrobras e Transpetro.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda