logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Canteiro

Avalie este item
(0 votos)

Ricardo Lessa recebe título de Cidadão Sorocabano

O presidente da Delegacia Sindical do SEESP em Sorocaba, Ricardo José Coelho Lessa, recebeu o título de Cidadão Sorocabano da Câmara Municipal, no dia 16 de outubro. A homenagem – proposta pelo vereador José Crespo (DEM) – foi prestigiada pelo presidente do SEESP, Murilo Celso de Campos Pinheiro, e por outros diretores da entidade, pela Associação de Engenheiros e Arquitetos de Araras, assim como por autoridades, entre elas os secretários de Estado de Saneamento e Recursos Hídricos, Edson Giriboni, e municipal de Esportes, Francisco Moko Yabiku.

O reconhecimento de Lessa se deu pela sua inserção social na cidade. Em 1974, ajudou a fundar o Rotaract Club de Sorocaba e se destacou na realização de vários projetos, entre eles: Projeto Rotaract (Projeto Rondon) em vários bairros da cidade, onde os universitários podiam se inscrever para trabalhar nas suas férias em prol da comunidade e assim enriquecer o seu currículo. Participou de campanha pela transformação do Fórum Velho na atual Casa da Cultura – Grande Otelo.

Segundo o parlamentar, o título é um reconhecimento a Lessa “por todo o trabalho desenvolvido em nossa cidade, diante do exemplo de dedicação, retidão e da relevante importância de sua contribuição para o município, em ações alicerçadas na ética e na cidadania”.


Bauru discute recursos hídricos

Mais de 160 pessoas, entre elas profissionais de engenharia e arquitetura das prefeituras de Bauru e região, participaram, no dia 24 de outubro, do seminário “Hidrologia e drenagem urbana”, realização conjunta da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Bauru (Assenag), da Delegacia Sindical do SEESP em Bauru, do Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (Crea-SP).

No evento, foram debatidos aspectos técnicos, legais, econômicos e sociais referentes à drenagem urbana, bem como a ocorrência de inundações, cada vez mais frequentes, e suas consequências, como poluição ambiental e impacto à saúde pública. Nesse contexto, concluiu o evento, é decisiva a atuação da engenharia no planejamento e busca de soluções.


Ferrovia Norte-Sul em pauta

O presidente do SEESP, Murilo Celso de Campos Pinheiro, e engenheiros da região de Presidente Prudente reuniram-se com a prefeita do município de Rosana, Sandra Aparecida Kasai, no dia 22 de outubro. Entre outros assuntos, discutiu-se a reformulação do projeto da Ferrovia Norte-Sul para a inclusão da região de Presidente Prudente no traçado oficial do empreendimento. Na ocasião, Kasai foi convidada a participar do debate sobre o tema, que será promovido pela Federação Nacional dos Engenheiros (FNE).

Em abril deste ano, a prefeita apresentou à concessionária Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. – responsável pela obra – proposta para ligar o distrito de Porto Primavera à nova ferrovia, argumentando que isso significará uma economia de aproximadamente R$ 700 milhões do valor total do empreendimento e tornará o trajeto 60km mais curto do que o projeto original.


Rennó e Martins na luta pela valorização do engenheiro

Com o apoio do SEESP, foram lançadas, em 23 de outubro, na Capital, as candidaturas de Jolindo Rennó, como conselheiro  federal titular, e Roberto Martins, suplente. As eleições para os representantes da engenharia no Conselho Federal de Engenharia e Arquitetura (Confea) ocorrerão em 12 de novembro, das 9h às 19h. Será renovado com esse pleito 1/3 do Plenário do órgão. Martins é membro da diretoria do sindicato. Integrando a chapa “União para avançar”, estão entre suas propostas desenvolver ações para assegurar a valorização profissional, de modo que o piso salarial seja garantido em todas as instâncias de governo e nas empresas nacionais; trabalhar pela atualização tecnológica da estrutura do Sistema Confea/Creas; pela revisão da Lei 5.194/66, que regulamenta o exercício da engenharia; promover gestões junto ao Congresso Nacional para a aprovação do projeto de lei que criminaliza o exercício ilegal da profissão; e implementar a normalização e compatibilização da engenharia como carreira de Estado. Todos os profissionais do Sistema em dia com suas obrigações podem votar. Para tanto, basta se dirigir a uma das unidades do Crea-SP em sua cidade.


Unidade na luta por dignidade na Prefeitura de São Paulo

Engenheiros e arquitetos, em assembleia no dia 16 de outubro, reafirmaram a unidade na luta pela dignidade e valorização do trabalho na Prefeitura Municipal de São Paulo (PMSP). Na ocasião, aprovaram uma contraproposta a ser apresentada ao governo paulistano, cuja última oferta foi classificada pelos sindicatos como “inaceitável”. O presidente do SEESP, Murilo Celso de Campos Pinheiro, parabenizou as categorias pela luta empreendida. “A palavra de vocês é a nossa palavra”, ressaltou.

A proposta de conciliação consiste numa nova tabela básica com 13 faixas salariais (S-1 a S-13) mais as gratificações por desempenho (GDA) e funcional, adicional quinquênio, Regime de Dedicação Profissional Exclusiva (RDPE) e a sexta parte (valor recebido após 20 anos de efetivo exercício no serviço público). Com a sua aplicação, os salários alcançarão reajustes entre 107,89%, para a faixa inicial (S-1), e 48,79%, para a escala final (S-13).


Eleição para delegado sindical na Sabesp

Os engenheiros que quiserem concorrer na eleição de delegado sindical – titular e suplente – na Sabesp deverão se inscrever entre os dias 18 e 19 de novembro, na sede do SEESP, na Capital (Rua Genebra, 25, Bela Vista). Os candidatos devem ser sócios do sindicato há pelo menos três anos e estar em dia com suas obrigações junto à entidade. O pleito será no dia 2 de dezembro próximo.

Mais nesta categoria: « Maringoni Benefícios »

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda