logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

OPINIÃO - Aecesp completa 40 anos e prepara-se para o futuro

Avalie este item
(0 votos)

Osvaldo Passadore Junior

     Uma instituição não chega aos 40 anos por mero acaso. E foi essa a marca que a Aecesp (Associação dos Engenheiros das Companhias Energéticas no Estado de São Paulo) atingiu no dia 14 de novembro último, motivo de grande orgulho e alegria para todos nós, que fazemos parte dessa história.
     A entidade surgiu em 1967, como Associação dos Engenheiros da Cesp, em função da necessidade de os engenheiros da recém-criada companhia – que nasceu como Centrais Elétricas de São Paulo e depois passaria a Companhia Energética do Estado de São Paulo – terem uma representação que atuaria defendendo seus interesses junto à diretoria da empresa.
      Nas décadas de 60 e 70, no auge do desenvolvimento nacional, quando foram implantadas as principais usinas hidrelétricas do Estado de São Paulo, tais como Jupiá e Ilha Solteira, a Aecesp participou das principais decisões técnicas desse processo. O lema, então, era: “Vamos arregaçar as mangas.”
     Nos anos 80, mais madura, a associação ganhou as ruas e participou ativamente no processo de redemocratização do Brasil e da campanha pelas “Diretas já”. Na década de 90, exerceu forte pressão para influenciar a estrutura do novo modelo energético brasileiro, defendendo que a expansão do sistema é que deveria ter grande participação da iniciativa privada, trabalhando com as grandes estatais em projetos que contemplassem as PPPs (Parcerias Público-privadas).
      No mesmo período, a Aecesp empenhou-se em se adaptar à nova realidade do setor em São Paulo, tendo em vista que a Cesp foi dividida em cinco novas empresas, várias delas privatizadas depois. Assim, em 1998, a entidade teve seu estatuto atualizado e mudou seu nome para Associação dos Engenheiros das Companhias Energéticas de São Paulo.
     No século XXI, após concluído o processo de privatização da Cesp – que por enquanto só não afetou a Cesp Paraná –, desafio surge no horizonte: conseguir novos associados e tomar decisões que a levem a comemorar, daqui a 40 anos, o seu 80º aniversário, continuando a ser referência às demais agremiações de engenheiros que surgirão por todo o País. Com esse norte, a Aecesp defenderá sempre os interesses dos profissionais das energéticas e também os do cidadão brasileiro.


Osvaldo Passadore Junior é diretor do SEESP e presidente da Aecesp (Associação
dos Engenheiros das Companhias Energéticas no Estado de São Paulo)

 

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda