logo seesp ap 22

 

BannerAssocie se

Canteiro

Avalie este item
(0 votos)

Encontro discute preparação da 5ª Conferência Estadual das Cidades

Em reunião realizada no auditório do SEESP, na Capital, em 15 de março, foi aprovado o Regimento e eleita a Comissão Preparatória da 5ª Conferência Estadual das Cidades. Como primeira grande tarefa, essa auxiliará na realização de seminário chamado pelo Ministério das Cidades que está marcado para dia 5 de abril, no centro de São Paulo, cujo objetivo é chamar as prefeituras a participarem do processo. Segundo Marcos Campagnone, chefe de gabinete da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Metropolitano de São Paulo, como parte desse esforço, o Executivo paulista elaborou cartilha orientativa às cidades e deflagrou processo de divulgação da conferência – devidamente convocada pelo Decreto 58.916, de 27 de fevereiro. Também reiterou o chamado em encontro no dia 14 de março entre o Governador e 611 prefeitos paulistas. “Tivemos a oportunidade de conversar diretamente com 320 deles sobre a importância de se organizarem para constituir seus conselhos locais das cidades, os quais se articulariam em rede junto ao Conselho Estadual a ser criado.” Esse evento ocorreu no Memorial da América Latina, onde será sediada a quinta edição da conferência. Prevista para acontecer entre 26 e 28 de setembro, tal terá como tema “Reforma urbana já!”. Para Laerte Conceição Mathias de Oliveira, diretor do SEESP e representante da FNE (Federação Nacional dos Engenheiros) no Conselho Nacional das Cidades, que integra a Comissão de Validação desse processo em âmbito federal, o fundamental é que o saldo seja a instituição de um sistema nacional de desenvolvimento urbano.


Unesp terá unidade em São João da Boa Vista

Em evento no dia 6 de março, foi lançada a pedra fundamental do novo campus da Unesp (Universidade Estadual Paulista), em São João da Boa Vista. Os primeiros prédios estão previstos para ficar prontos até novembro de 2014. Nessas edificações, os alunos de engenharia de telecomunicações terão aulas teóricas e laboratoriais a partir de 2015. O curso, que teve início no dia 4 de março, é ministrado temporariamente no campus da Fundação de Ensino Octávio Bastos.

Em 2014, a unidade de São João da Boa Vista também terá o curso de engenharia de produção. O investimento na primeira fase de obras é de R$ 6,5 milhões, com inversão total estimada em R$ 12,5 milhões. Segundo divulgado no site da Unesp, na solenidade de lançamento, o governador Geraldo Alckmin salientou a importância da formação de engenheiros de telecomunicações para o desenvolvimento tecnológico da região e do País. Ele destacou ainda a criação de outros nove cursos de engenharia pela Unesp ao longo de três anos.


Data-base em 1º de maio

Em assembleias gerais extraordinárias em fevereiro e março, os engenheiros que trabalham na Usiminas, Sabesp, Cetesb, SPTrans, Dersa, CET e Metrô  estão dando início às campanhas salariais 2013. A data-base é 1º de maio. Em breve suas pautas de reivindicações serão encaminhadas às empresas, visando o começo das negociações deste ano.


Profissionais liberais participam de fórum na Tunísia

A CNTU (Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários) esteve representada no Fórum Social Mundial na Tunísia, realizado entre 26 e 30 de março. No dia 28, a entidade, em parceria com a Fenafar (Federação Nacional dos Farmacêuticos) e a CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), participou do seminário “A luta pela paz: As políticas sociais inclusivas e o papel da ciência e tecnologia na soberania dos povos”. O evento ocorreu na Universidade El Manar, em Tunis, capital do país.


Seminário sobre campanhas salariais acontece em abril

Promovido pelo SEESP, em sua 13ª edição, o já tradicional “Seminário de abertura das campanhas salariais” ocorrerá na sede do sindicato, na Capital, no dia 10 de abril, a partir das 15h. O evento inaugura oficialmente as campanhas salariais dos engenheiros. O objetivo é apontar o panorama socioeconômico e político em que esse processo se dará e reforçar a disposição ao diálogo como meio de superação dos desafios entre capital e trabalho. Assim, incluirá análise de conjuntura com a participação de especialistas e a presença de interlocutores do SEESP nas negociações com vistas a acordos ou convenções coletivas. A entidade negocia atualmente com dezenas de companhias e setores, representando em torno de 100 mil profissionais da categoria no Estado. A maioria tem data-base em 1º de maio.


Ganhos reais em 95% das negociações no ano passado

Esse é o resultado apontado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o que torna 2012 o ano mais expressivo em termos de reajustes acima da inflação desde 1996. O órgão chegou a essa conclusão ao analisar 704 unidades de negociações da indústria, comércio e serviços. O parâmetro usado foi a evolução do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em apenas cerca de 4% das negociações, os reajustes foram em percentual igual ao índice de inflação e 1%, inferior. O aumento real médio observado foi de 1,96%. Entre os setores econômicos pesquisados, a indústria foi o que teve melhor desempenho. Confira o balanço completo.

Mais nesta categoria: « Maringoni Benefícios »

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar



Receba o SEESP Notícias

E-mail:

agenda